Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

GP Memória - Espanha 2003

Duas semanas depois de terem corrido em Imola, a Formula 1 chegava para a quinta prova do ano, que iria acontecer no autódromo de Barcelona, na Catalunha. A grande novidade desta prova era o facto de a Ferrari estrear o seu chassis, o F2003-GA, em tributo a Giovanni Agnelli, o dirigente da Fiat morto no incio do ano.

No final da qualificação, os Ferrari dominaram com o novo chassis. Michael Schumacher a ser melhor que Rubens Barrichello, enquanto na segunda fila estavam os Renault de Fernando Alonso e Jarno Trulli, com Jenson Button à frente de Olivier Panis na terceira fila. Ralf Schumacher era o sétimo, seguido do McLaren de David Coulthard, e a chegar o "top ten" estavam o segundo Williams-BMW de Juan Pablo Montoya e o Sauber-Petronas de Heinz-Harald Frentzen.

Kimi Raikkonen acabou por abortar a volta e iria largar do último lugar. 

A corrida começou debaixo de um sol primaveril com Schumacher a defender-se de Alonso, enquanto Barrichello ia à berma, mas mantendo o terceiro posto. Atrás, Couthard toca em Trulli e o italiano acaba na berma, mas a corrida é interrompida quando Raikkonen bateu fortemente na traseira do Jaguar de Antônio Pizzonia. Resultado final: Safety Car na pista.

A corrida recomeçou na volta seis, com Montoya a passar Button no final da reta da meta, mas a partir dali e até aos primeiros reabastecimentos, nada de especial acontece na corrida. Button é o primeiro a parar, na volta 14, enquanto Schumacher só parou na volta 21 depois de Alonso parar, quatro voltas antes. Na volta 20, Coulthard tenta ultrapassar Button, mas acaba na gravilha, fazendo com que os McLaren não acabem a corrida. E quem não tinha parado, aproveitou para fazê-lo, altura em que os Ferrari pararam nas boxes.

No regresso, Alonso era segundo, entre os Ferrari, mostrando que parar cedo compensou, apesar de Barrichelo ter tentado chegar-se a ele.

Na volta 34, Schumacher parou uma segunda vez antes de Alonso e Barrichello, tentando antecipar-se a ambos, caindo para atrás do seu irmão Ralf. Demorou tempo para se livrar do piloto da Williams, e quando o fez, Barrichello parava para reabastecer, deixando Alonso na frente. O espanhol só parou na volta 37, mantendo o segundo posto, ensanduichado entre os Ferrari, mas os Williams ainda não tinham parado. Ralf era segundo e atrasava Alonso, para Schumacher se afastar. Somente quando Ralf cometeu um erro e acabou na gravilha é que o espanhol ficou com o segundo posto.

Schumacher reabasteceu uma terceira e última vez na volta 49, dando de novo o comando a Alonso, que parou na volta seguinte, ao mesmo tempo que Barrichello.

Os três mantiveram as posições até ao final da prova, o que dava a Michael a sua segunda vitória do ano e a Alonso o seu primeiro pódio em casa, com o piloto brasileiro da Ferrari a ficar com o lugar mais baixo do pódio. Juan Pablo Montoya e Ralf Scghumacher ficaram com os lugares seguintes, nos seus Williams, seguido pelo Toyota de Christiano da Matta, que conseguia ali os seus primeiros pontos da sua carreira. E a fechar os lugares pontuáveis ficaram o Jaguar de Mark Webber e o Joedan de Ralph Firman, o seu único ponto na sua carreira.


This post first appeared on Continental Circus, please read the originial post: here

Share the post

GP Memória - Espanha 2003

×

Subscribe to Continental Circus

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×