Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Ushuaia - Patagônia

Tags: passeio
Galera, essa é a primeira postagem de um local do blog e eu vou começar falando do lugar mais bonito que conheci! A cidade de Ushuaia na Patagônia Argentina, lugar conhecido também como o fim do mundo e terra do fogo.
Ushuaia é conhecida como a cidade mais austral (ao sul) do mundo, depois dela só tem o polo sul.
Estive lá com a minha namorada no final de maio e inicio de junho de 2013, ainda era outono no hemisfério sul, porém, com a cidade é bem ao sul, pegamos bastante neve. Como certamente, o desejo de quem vai pra qualquer lugar da Patagônia é ver neve, ficamos muito satisfeitos.

Mas, aí vai a primeira dica, quando escolhemos viajar para um local onde se tem neve, devemos ter a consciência, de que estamos sujeitos a imprevistos frequentes de fechamento de aeroportos, estradas e locais de Passeio, o que pode tornar a viagem bem decepcionante. Por isso, é bom pensar nessas possibilidades, sendo assim, indico que quem quer ir pra lugares de neve façam um planejamento flexível, para aproveitar ao máximo a viagem, sem ser incomodado ou ser o menos possível, pelo clima do local.

Bom, mas voltando a falar de Ushuaia, a terra do fogo, é um lugar incrível, pois reúne as mais diversas paisagens, como lagos, montanhas, cachoeiras (congeladas), arvores, rios e uma infinidade de belezas naturais.

Em geral, tivemos bastante sorte com o clima, no tempo que estivemos por lá.



Primeiramente, comprei a passagem (antecipadamente = mais barato) e rezei bastante para que o aeroporto não estivesse fechado, não é comum estar fechado, mas é uma possibilidade, por sorte não estava. Chegamos um dia depois de uma bela nevasca, era noite, a cidade estava linda, forrada de gelo, porém o tempo estava bem aberto e na casa de 2ºc, uma delicia!

Na manhã , fomos conhecer a cidade, primeira coisa que fizemos, foi ir até a "secretaria de turismo", la pegamos uns mapas do local e algumas dicas.

No mesmo dia, na parte da tarde compramos um passeio de catamarã, que é uma embarcação turística que faz um passeio pelo canal Beagle, conhecemos o famoso farol do fim do mundo, vimos algumas especies de aves e lobos marinhos (ilha dos lobos), além de sentir o vento (extremamente) gelado batendo na cara. Na volta, tivemos a felicidade de ver a cidade anoitecendo e acendendo as luzes, enquanto a embarcação estava voltando para o proto, observação, Ushuaia é uma cidade portuária.

No dia seguinte, fomos ao Parque nacional da Terra do Fogo, um lugar incrível, fizemos o passeio com uma agência de turismo local, foi bem legal. O passeio incluía uma passagem de trem, para andarmos no histórico trem do fim do mundo, fomos em alguns pontos bem famosos de Ushuaia, como o Lago Roca que divide argentina e chile, e a Bahia Lapataia que é o lugar mais ao sul do mundo em que se pode chegar transportes terrestres, são lugares de extrema beleza. 



No terceiro dia de passeio, fizemos um passeio pela região dos lagos e foi nesse dia que fizemos a melhor escolha da viagem, a contratação de um remi. Na argentina é um tipo de serviço comum, que é um motorista que faz passeios com o seu próprio carro.

O remi (Juan) que contatamos foi uma indicação da atendente do hostel que fiquei The House, ele é uma figura, muito engraçado e conhece muito bem a região. 

O legal foi que fizemos amizades com um casal de brasileiros um dia antes, então dividimos os custos do remi. Com a divisão o custo de U$200 ficou em U$50 por pessoa, bem barato por tudo que fizemos. Saímos as 9hs da manhã e voltamos as 7hs da noite. Passamos por uma estrada linda e o Juan (com seu toyota corolla), nos levou bem pontos bem bonitos, inicialmente fomos ao Glaciar Martial, um centro de esportes de inverno, que ainda estava fechado. Depois mudamos um pouco a nossa rota e fomos em direção aos lagos, passamos pelo Cerro Castor, estação de esqui, ainda fechada, passamos também por um local que fazia passeios de trenós com cachorros, passeio bem legal, mas um pouco caro. Passamos pelo mirante do Paso Garibaldi, onde é possível avistar o lago Escondido, depois fomos até o lago Fagnano, pelas beiras do lago Fagnano existem algumas lagoas congeladas, onde foi possível ficar brincando de andar sobre a água congelada, muito legal, mas um tanto quanto arriscado.

O tempo estava bem bonito, e pra nossa sorte, no final do dia pegamos uma bela de uma nevasca na volta, uma experiência um pouco assustadora, mas bem legal.




Uma coisa que não falei ainda, é que fomos para lá na pré-temporada, uma dica pra quem que gastar pouco dinheiro em lugares com neve, é ir na pré-temporada, por um lado é ruim, pois como falei, pegamos as pistas de esqui fechada, mas no nosso caso não foi um problema, pois não tínhamos tanto interesse assim em esquiar.

No dia seguinte ao passeio dos lagos, tiramos o dia para fazer algumas compras pela Rua San Matin, que inclusive tem um free shop. Também fomos comer a famosa Centolla (se fala centóia) que é o prato típico do local, até que é gostoso, porém um pouco caro. Também fomos brincar no cassino. 

O hostel que escolhi, fica bem próximo ao centro, assim não foi necessário ficar utilizando nenhum tipo de transporte, deu pra fazer tudo a pé.

No último dia tivemos o azar de pegar um feriado na cidade, estava quase tudo fechado, porém ainda sim conseguimos fazer alguns passeios, recomendo o passeio pelo Museu do Presídio. Além disso fomos a um mirante no centro da cidade, e vimos uma pista de patinação no gelo, porém não patinamos por falta de talento. Outra dica, se atentar aos feriados dos locais em que vocês vão viajar, isso pode ser muito complicado.

E como tudo que começa tem um final, no dia seguinte partimos cedinho de volta pra casa. Foi uma excelente viagem.


Dicas apresentadas nesse post:
1. Ao viajar para um local onde há neve, devemos ter a consciência, de que estamos sujeitos a imprevistos frequentes de fechamento de aeroportos, estradas e locais de passeio.
2. Ao chegar em um local, procure a secretaria de turismo.
3. Se possível contrate serviços de remi e tente dividir o custo com mais viajantes.
4. Se quer gastar menos, viaje na pré-temporada. 
5. Hospede-se próximo ao centro, para evitar gastar com condução.
5. Se atente aos feriados nos locais em que vai estar.

Locais citados nesse post:
1. Canal Beagle.
2. Farol do Fim do Mundo.
3. Ilha dos Lobos.
4. Parque Nacional do Fim do Mundo.
5. Lago Roca.
6. Bahia Lapataia.
7. Glaciar Martial.
8. Cerro Castor.
9. Paso Garibaldi com vista para o Lago Escondido.
10. Lago Fagnano.
11. Museu do Presídio.
12. Mirante no centro da cidade.

Atividades citadas nesse post:
1. Passeio de Catamarã.
2. Passeio de trenó de cachorros.
3. Andar sobre lagoas congeladas (cuidado).
4. Compras pela San Martin.
5. Comer a famosa Centolla.
6. Ida ao Cassino.
7. Patinação no gelo.

É isso aí galera, caso o seu próximo destino seja Ushuaia, espero ter ajudado, caso esteja procurando um destino, eu recomendo o Fim do Mundo. 
Caso tenham alguma dúvida ou curiosidade é só perguntar.
Quem já foi pra Ushuaia e tiver experiências para compartilhar, é só comentar.
Curtiu o conteúdo?  Então curta nossa Fan Page: facebook.com/relatoviagem

Abração

Thiago Gênova


This post first appeared on Você Viaja, Você Vive!, please read the originial post: here

Share the post

Ushuaia - Patagônia

×

Subscribe to Você Viaja, Você Vive!

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×