Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Cremação

c. 3000 a.C.

Cremação

Origem desconhecida

Prática de desfazer-se de cadáveres humanos por meio do fogo

A prática da cremação - a incineração de um cadáver -
começou por volta de 3000 a.C., provavelmente na Europa
e no Oriente Médio. A cremação é bem conhecida como
uma característica importante de culturas da Índia, mas
sua introdução naquele subcontinente se deu em tempos
relativamente recentes, por volta de 1900 a.C.
   Desde 1000 a.C. os gregos antigos queimavam os cor-
pos dos soldados caídos em batalhas em solo estrangeiro
para que as suas cinzas pudessem ser repatriadas. Associada
desta forma com heróis, a cremação passou a ser considera-
da como o término mais adequado para uma vida bem vivi-
da. Permaneceu como um símbolo de status na Roma antiga
até a expansão, a partir do século I, do cristianismo, que ensi-
nava que os mortos se reergueriam no fim dos tempos. Isso
persuadiu os convertidos a enterrarem os seus mortos, para
que os corpos ainda existissem no Dia do Juízo Final.
   Depois disso a cremação saiu de moda e foi proibida em
alguns países. Uma das principais objeções não religiosas
consistia na possibilidade de utilizar o método para disfarçar
crimes. A atitude global em relação ao conceito mudou no
final do século XIX, em parte devido à publicação, em 1874,
de Cremação: O tratamento do corpo após a morte, um livro
escrito pelo cirurgião da rainha Vitória, Sir Henry Thompson.
No Japão a cremação foi legalizada em 1875; o primeiro cre-
matório dos Estados Unidos foi aberto em 1876; e em 1884
as cortes britânicas declararam que era permissível dispor de
cadáveres Humanos por meio deste processo.
   Atualmente a cremação está muito bem estabelecida
na maior parte dos países: no Japão é praticamente uni-
versal; na Grã-Bretanha e na Alemanha mais de 50% dos
cadáveres são cremados. Apenas os Estados Unidos vão
contra a tendência: mais de 90% dos americanos ainda são
enterrados. GL

Retirado do Livro 1001 Ideias Que Mudaram Nossa Forma de Pensar


This post first appeared on Blog Do Conhecimento, please read the originial post: here

Share the post

Cremação

×

Subscribe to Blog Do Conhecimento

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×