Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Corrimento rosado: 10 causas comuns e o que elas significam

O Corrimento vaginal é geralmente referido como normal se não for muito abundante, não cheirar (um leve cheiro azedo é permitido) e não for acompanhado de manifestações patológicas. Mas se uma mulher desenvolver Corrimento Rosado, o que pode ser?

Acontece que muitas mulheres notam corrimento Rosado, em certos momentos específicos ou em determinados momentos do mês. Essas secreções vaginais não precisam necessariamente causar alarme, as causas podem ser de natureza muito diferente.

Os vestígios de sangue podem indicar que a menstruação está chegando, ou que a ovulação está em andamento ou que há gravidez. No entanto, o aparecimento de corrimento rosa também pode indicar a presença de um problema mais sério, como vaginose bacteriana ou outras infecções do sistema genital feminino.

Observar os sintomas e compreender as mensagens que nosso corpo nos envia é importante para conhecê-lo melhor e cuidar dele.

O que é o corrimento rosado na gravidez?

O corrimento rosa são secreções vaginais que contêm uma pequena quantidade de sangue. Sua cor é, portanto, uma consequência da mistura de sangue com muco e secreção vaginal.

corrimento rosa

Mulher com absorvente na mão – Foto: Freepik

Normalmente, isso acontece perto do ciclo menstrual ou durante a gravidez, mas também pode ocorrer na menopausa.

A situação mais comum em que ocorrem esse corrimento, entretanto, continua sendo a dos dias anteriores ou posteriores ao ciclo menstrual.

As causas são atribuíveis à alteração hormonal que determina a descamação do endométrio. Mesmo a ovulação pode causar corrimento após a eclosão do folículo, quando o óvulo está maduro.

Mas e se o fenômeno ocorrer na gravidez? Você precisa se preocupar?

Corrimento rosado na gravidez

Um corrimento rosado na gravidez geralmente é completamente inofensivo, especialmente se aparecer brevemente.

Às vezes é simplesmente um resquício do ciclo ou pode ser devido a um exame ginecológico mais invasivo. Em outros casos, entretanto, deve-se procurar intervenção médica.

corrimento rosa

Mulher segurando absorvente – Foto: Freepik

Um corrimento que anuncia o início da gravidez são as chamadas perdas de implantação. Elas são uma consequência da implantação do óvulo fertilizado no útero.

Normalmente, o fenômeno ocorre após 10 dias da concepção. Ao contrário do sangramento menstrual, a cor é rosada e o fluxo mais claro.

Durante o terceiro trimestre da gravidez, no entanto, esse corrimento rosado é devido à ruptura dos vasos dentro do colo do útero. Nesse período, de fato, esses capilares tornam-se particularmente frágeis e sensíveis às mudanças no corpo. Nestes casos, não se assuste porque são inofensivos.

Corrimento rosado

Mulher mostrando absorvente – Foto: Freepik

Esses corrimentos cor de rosa também podem ocorrer após a relação sexual durante a gravidez, mas não se preocupe. É um fenômeno totalmente fisiológico, determinado pela solicitação do aparelho genital feminino que fica mais vulnerável com a gravidez.

Quando se preocupar

Se notar corrimento rosado, leve e transitório durante a gravidez, não se preocupe porque, como vimos, são fisiológicas.

Em vez disso, deve-se ter cuidado se esses corrimentos ficarem vermelhos e estiverem associados a dor.

A secreção mais escura ou vermelha brilhante pode indicar descolamento prematuro da placenta no primeiro trimestre, mas também um aborto espontâneo ou a presença de uma gravidez extrauterina.

Corrimento rosado

Gestante fazendo exame de ultrassom. Foto: Freepik

Mesmo a presença de miomas uterinos, infecções ou ruptura do útero podem causar até mesmo um leve sangramento.

O que fazer

Nestes casos, você deve consultar imediatamente o seu ginecologista porque, a partir do diagnóstico, saberá como intervir. Às vezes, na verdade, um pouco de descanso e remédio são suficientes para estancar a perda de sangue.

Geralmente confirma-se o diagnóstico com um exame ginecológico, um ultrassom e exames de sangue e urina.

Causas fisiológicas do corrimento rosado

Em algumas mulheres, durante a ovulação, o corrimento vaginal pode apresentar pequenas manchas de sangue, o que o faz ter uma aparência rosada.

Isso ocorre como resultado da ruptura do folículo e da liberação do óvulo do ovário. Às vezes, a ovulação é acompanhada por uma dor persistente moderada no abdômen. Vejamos quais as principais causa para esse tipo de corrimento.

Corrimento rosado

Absorvente com flor em cima – Foto: Freepik

  • Drogas hormonais. Drogas hormonais usadas para contracepção e condições médicas podem causar corrimento rosado. Isso requer consulta com um especialista.
  • Fim da menstruação. No final do sangramento menstrual, o corrimento vaginal pode ficar rosado ou mesmo marrom. Geralmente, isso dura apenas alguns dias e não é acompanhado por outras queixas.
  • Contato sexual. Com pequenos danos à mucosa vaginal durante relações íntimas ativas ou no caso da primeira proximidade, pode aparecer sangue na secreção vaginal.
  • Primeira menstruação: Uma das causas mais comuns de corrimento rosado entre períodos em adolescentes é o início do ciclo menstrual. A menstruação está apenas começando e seu corpo precisa de tempo para se ajustar regularmente. Portanto, uma leve secreção entre os períodos durante o primeiro ano é completamente normal.

Corrimento rosado: quando acontece antes da menstruação

Alguns dias antes do ciclo menstrual, pode ocorrer a presença de corrimento vaginal rosa na calcinha. A causa pode ser devido a mudança hormonal que seu corpo deve experimentar antes da chegada da menstruação.

Este tipo de corrimento não deve causar alarme, pois é uma consequência normal e fisiológica.

Corrimento rosado

Calcinha beje com objeto vermelho e rosa em cima – Foto: Freepik

Quando o óvulo está maduro, o folículo explode e pode causar perda de sangue que se mistura com outro muco vaginal: daí a cor rosa.

Mas o corrimento rosa claro também pode indicar que a mulher está engravidando. Este tipo de corrimento não se reconhece de forma fácil; e muitas vezes confunde-se com o início do ciclo menstrual pela mulher que não percebe que está grávida.

Causas patológicas para o corrimento rosado

Mioma do útero

Com a violação da atividade hormonal dos ovários e um alto teor de estrogênio, os nódulos crescem. Eles levam a uma mudança no ciclo menstrual, prolongando a menstruação com a liberação de coágulos sanguíneos e o aparecimento de sangramento.

Miomas

Miomas – Foto: Freepik

Além disso, com miomas, a secreção da vagina pode adquirir uma tonalidade rosa ou marrom.

Endometriose

Nesta doença, há uma proliferação patológica do endométrio fora do útero. O principal sintoma da doença é a dor pélvica crônica. Ao mesmo tempo, a menstruação é muito dolorosa.

endometriose

Endometriose – Foto: Freepik

Frequentemente, a pessoa com endometriose tem um corrimento rosado.

Endometrite

A doença acompanha-se por inflamação do endométrio (a camada muscular do útero). Desencadear-se por curetagem, doenças infecciosas, etc.

Assim, o curso crônico da doença pode ser acompanhado de corrimento seroso-purulento ou corrimento rosado com pequena quantidade de estrias de sangue.

Hiperplasia endometrial

Acompanha-se por crescimento excessivo de tecido, menstruação abundante, sangramento intermenstrual, ao final do qual frequentemente aparece corrimento rosado na vagina.

Pólipos

Eles estão mais frequentemente localizados no útero, mas também podem aparecer dentro da vagina. Quando inflamado, ocorre uma secreção (o corrimento rosado).

Doenças oncológicas dos órgãos pélvicos

Os tumores malignos no início prosseguem sem sintomas. Assim, o desenvolvimento da doença pode ser suspeitado por uma mudança no volume e na cor do corrimento vaginal. Mas frequentemente, ficam rosa, com sangramento uterino intermenstrual.

Mulher com dor na barriga

Mulher com dor na barriga – Foto: Freepik

Mas se houver secreção patológica do trato genital, é necessário consultar um médico urgentemente.

Mas independentemente da natureza e da quantidade de muco, a mulher deve sempre manter uma boa higiene.

O post Corrimento rosado: 10 causas comuns e o que elas significam apareceu primeiro em Mil Dicas de Mãe.



This post first appeared on Mil Dicas De Mãe, please read the originial post: here

Share the post

Corrimento rosado: 10 causas comuns e o que elas significam

×

Subscribe to Mil Dicas De Mãe

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×