Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

‘A reunificação das duas Coreias’ traz ótimo elenco para Oi Futuro Flamengo

A reunificação das duas Coreias é um belo espetáculo que não fala de política entre países, apesar do título que, a princípio, pode sugerir esse viés. A temática, na verdade, gira em torno de meditações e pesquisas sobre as diversas formas de amor (inclusive aquela do ‘amor de amizade’, para tomar a liberdade de citar aqui expressão cara à Freud em suas investigações sobre o assunto) e o título é extraído da fala de um dos personagens de uma das dezoito pequenas histórias que compõem a peça.

Joël Pommerat, autor do texto que ganhou tradução de Bia Ittah, é hábil em criar pequenos dramas e personagens que tocam em pontos cruciais das relações amorosas (no sentido amplo da palavra). Sua dramaturgia é capaz de comunicar um espectro amplo de moções afetivas em variados tipos de relacionamentos, e no caso da montagem inédita no Brasil, a direção acertada de João Fonseca propicia a transição dessa amplitude afetiva para o palco através de uma dinâmica que oscila harmoniosamente entre humor e dramaticidade, peso e leveza. Junto a ele, Alex Neoral, que assina a direção de movimento, tem um papel fundamental. É como se, através dessas histórias, nos aproximássemos mais de nós mesmos.

O cenário, de Nello Marrese, lança mão de um recurso tão dinâmico quanto os personagens, os sentimentos que se desenrolam nas pequenas tramas e a intercalação de histórias, usando estantes móveis que evocam o ambiente onde se dá cada episódio. E são diversos os ambientes: apartamentos onde vivem cônjuges solitários à espera, sempre à espera, de um companheiro que parece nunca chegar; sala de reunião dentro de uma escola, em que uma forma diferente de amor é polemizada, colocando em xeque parâmetros morais arraigados; recepção de um casamento, na qual revelações inesperadas acontecem; um ambiente de mediação de conflito, onde duas pessoas protagonizam a quase impossibilidade da separação;  e uma clínica geriátrica para pessoas internadas com doenças do envelhecimento.

Essas e outras são ocasiões que dão ensejo a situações-limite, nas quais o amor e suas múltiplas roupagens são esquadrinhados pelos personagens envolvidos. As estantes móveis que compõem o cenário são movimentados pelo palco à medida em que as esquetes vão dando lugar umas às outras, intercaladas por pequenas e bem-humoradas apresentações musicais dos atores. Ponto para a direção musical de Leandro Castilho.

elenco_compkleto_-_3__6694_victor_hugo_cecatto-2_606x455

O excelente elenco, formado por Louise Cardoso, Bianca Byington, Solange Badim, Verônica Debom, Marcelo Valle, Gustavo Machado e Reiner Tenente, traz 47 diferentes personagens e está afinadíssimo, conseguindo transitar entre situações, por um lado, hilárias e, por outro, muito comoventes. Bianca Byington e Solange Badim, por exemplo, mostram uma veia cômica, quando é requerida, fora de série. Louise Cardoso e Marcelo Valle, para citar apenas um exemplo das várias histórias tocantes que o espetáculo traz, protagonizam uma das mais marcantes, quando um marido vai visitar sua esposa internada com algum diagnóstico aparentado de Mal de Alzheimer e é como se ela o estivesse conhecendo (e também a si mesma) pela primeira vez todas as tardes, com todas as surpresas e constrangimentos que um primeiro encontro (com o outro e consigo mesmo) traz.

Em suma, o espetáculo, em cartaz até 28 de agosto, é imperdível.

Ficha Técnica:

Texto: Joël Pommerat

Tradução: Bia Ittah

Direção: João Fonseca

Direção de produção: Maria Siman e Ana Lelis

Elenco:  Louise Cardoso

Bianca Byington

Solange Badim

Marcelo Valle

Gustavo Machado

Veronica Debom

Reiner Tenente

Luz: Renato Machado

Figurinos: Antonio Guedes

Cenários: Nello Marrese

Direção Musical: Leandro Castilho

Assistente de Direção: Reiner Tenente e Pedro Pedruzzi

Produção executiva e administração: Ana Lelis

Assessoria de imprensa: Lu Nabuco Assessoria em Comunicação

Designer gráfico e fotos: Victor Hugo Ceccato

Realização: Primeira Página Produções

 

Serviço:

Estreia para o público: 24 de junho

Temporada: 24 de junho a 28 de agosto

Local: Oi Futuro Flamengo – Rua Dois de dezembro, 63 – Flamengo

Horário: De quinta a domingo, às 20h

Ingressos: R$ 30,00

Tel bilheteria: 3131-3070

Gênero: Comédia dramática

Classificação: 12 anos

Duração: 100 minutos

Vendas Online: ingresso.com

O post ‘A reunificação das duas Coreias’ traz ótimo elenco para Oi Futuro Flamengo apareceu primeiro em Ambrosia.



This post first appeared on Ambrosia – Cinema, Música, Teatro, Livros & Hqs, please read the originial post: here

Share the post

‘A reunificação das duas Coreias’ traz ótimo elenco para Oi Futuro Flamengo

×

Subscribe to Ambrosia – Cinema, Música, Teatro, Livros & Hqs

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×