Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Turismo discute gestão de patrimônio histórico em Portugal

Turismo discute gestão de patrimônio histórico em Portugal

Institucional

Debate com representantes do governo português tratou de modelos estratégicos para uso turístico de edifícios tombados e estruturação de roteiros culturais

Por Bruno Bernardes

A comitiva do Ministério do Turismo, chefiada pelo secretário-executivo, Alberto Alves, participou nesta quarta-feira (15) em Lisboa, Portugal, de um debate sobre estratégias para o desenvolvimento sustentável do turismo em edifícios tombados. O tema foi pauta das agendas conjuntas entre a comitiva, representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e diretores do governo de Portugal.

No encontro, o governo português apresentou os avanços obtidos com o programa Revive – baseado no tripé reabilitação, patrimônio e turismo -, que garantiu aos equipamentos culturais portugueses um salto no fluxo de visitantes. Em 2016, museus, palácios e monumentos públicos do país receberam 7,2 milhões de turistas, um aumento de 13,7% já no primeiro ano das ações integradas.

“Não vale a pena a promoção do turismo se o patrimônio não está preparado. É importante a estruturação do produto como um todo, um itinerário, um conjunto patrimonial. E temos a preocupação de as pessoas circularem com facilidade” destacou Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal. Ele acrescentou, ainda, que foram criados mecanismos de parcerias público-privadas para a concessão dos monumentos. “Não é possível viver só do edifício. É preciso agregar atividades interativas permanentes para que o turista seja inserido no contexto”, concluiu.

Alberto Alves solicitou o modelo de legislação utilizado para as Parceria Público-Privada (PPPs) e gestão dos equipamentos. “Vamos aproveitar essas experiências de sucesso, pois no Brasil temos muito a avançar na celebração de parcerias público-privadas, que são fundamentais para o melhor aproveitamento dos patrimônios históricos pelo turismo”, ressaltou.

Segundo a presidente do IPHAN, Kátia Bogéa, o trabalho integrado com o turismo é fundamental para a formatação das ações no Brasil. “Precisamos andar de mãos dadas e implantarmos estratégias agressivas para que nosso potencial seja aproveitado”, finalizou.

Últimas Notícias – Ministério do Turismo



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Turismo discute gestão de patrimônio histórico em Portugal

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×