Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Importados: emplacamentos sobem 24,5% em janeiro

CHERY-NEW-QQ-3-2-1 Importados: emplacamentos sobem 24,5% em janeiro

O mercado de carros Importados da Abeiva em janeiro registrou alta de 24,5%. Foram 2.422 unidades emplacadas no período, o que representa um importante acréscimo em relação ao mesmo período do ano passado. Porém, como enfatiza a entidade, o mesmo mês de 2017 representou o pior resultado nos últimos sete anos. Na comparação com dezembro de 2017, as empresas da Abeiva venderam 3.324 unidades ou 27,1% acima do resultado do mês passado.

Mesmo sem IPI majorado de 30% e cotas de importação, o setor não comemora os resultados. José Luiz Gandini, presidente da Abeiva explica: “Na semana passada, o MDIC divulgou estatísticas mostrando que as importações de veículos automotores cresceram 58% em valores, quando, em unidades, nós crescemos 24,5% sobre janeiro de 2017 representando apenas 11,77% do total de veículos importados. Nota-se que, a grande maioria dos veículos importados veio por meio das próprias montadoras. Fechamos o mês de janeiro com apenas 1,3% do mercado interno”.

Outro ponto que Gandini enfatiza é o fator cambial: “agora, embora tenhamos isonomia tributária e sem cotas limitadoras, Aos Importadores Fica muito difícil trazer carros de alto volume, os chamados carros mais populares, até porque a indústria local tem ofertas muito competitivas. Com o dólar no patamar de R$ 3,30, aos importadores fica quase impossível atuar fora de nicho de mercado”.

De qualquer forma, a Kia Motors, representada pelo chefe da entidade, trará em breve o Rio 2018, nova geração do compacto, importado do México. No caso das montadoras ligadas à entidade, a CAOA Chery deve introduzir pelo menos três modelos de volume em 2018 e pelo menos dois deles serão fabricados aqui. Já no caso do Rota 2030, Gandini aguarda a publicação do novo regime automotivo com isonomia para os importados, a fim de evitar novos problemas do País com a OMC.

CHERY-NEW-QQ-3-2-1 Importados: emplacamentos sobem 24,5% em janeiro

Como um todo, importados e nacionais, a Abeiva teve 3.964 unidades emplacadas no mês passado, o que representou 2,26% de market share. Na produção nacional, a entidade registrou 1.542 unidades feitas pelas marcas BMW, Chery, Land Rover, MINI e Suzuki, o que representou alta de 58,5% em comparação com janeiro de 2017. Já em relação à dezembro, o desempenho caiu 20,7%.

Espera-se que até o fim de fevereiro, o presidente Michel Temer sancione a lei que colocará em vigor o Rota 2030. O novo regime automotivo finalmente – de acordo com o ministro interino do MDIC Marcos Jorge – teria sido aprovado pelo governo, pois os cálculos da Fazenda indicariam que a União arrecadaria R$ 2,5 bilhões a mais por ano com a concessão de benefícios fiscais da ordem de R$ 1,5 bilhão.

Naturalmente, ao longo de cinco anos – dos três que farão parte da vigência da política para o setor – Brasília receberia R$ 12,5 bilhões a mais. Nesse período, serão concedidos R$ 7,5 bilhão em incentivos, que naturalmente voltarão no acréscimo de R$ 4 bilhões aos já arrecadados R$ 40 bilhões do setor automotivo. Com o Rota 2030, os importadores também terão de cumprir metas de engenharia, pesquisa e desenvolvimento, etiquetagem veicular, eficiência energética e segurança veicular.

© Noticias Automotivas. A notícia Importados: emplacamentos sobem 24,5% em janeiro é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.



This post first appeared on Notícias Automotivas - Noticias De Carros, please read the originial post: here

Share the post

Importados: emplacamentos sobem 24,5% em janeiro

×

Subscribe to Notícias Automotivas - Noticias De Carros

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×