Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

{Resenha} As Solteironas de Chapéu Verde

RESENHA RELÂMPAGO 


Dei cinco estrelas no Skoob, mas queria dar dez. Uma das surpresas ótimas desse ano.
Não achei sinopse desse livro em canto algum, ouvi falar dessa autora ao pesquisar a coleção Biblioteca das moças, que eu já tinha ouvido falar, mas pesquisei efetivamente após uma publicação em um grupo. Coincidentemente, o livro era da mesma autora, chamado "Casar é bom". Foi então que iniciei minha busca por algum volume dessa coleção, e esse me pareceu bastante interessante.

As Solteironas de Chapéu Verde, Biblioteca das moças, literatura Nacional
Comecei a leitura sem saber nada além do que o titulo propõe; desta forma, vou fazer uma sinopse base:
Arlette é uma jovem parisiense ex rica, o pai perdeu tudo por negligência e se suicidou por isso, a mãe também faleceu, sobrando apenas ela e o irmão. Este irmão arranja um emprego na África, e Arlette só tem as parentas do interior para se apoiar, elas são quatro solteironas que usam chapéus verdes. As primas aceitam hospedá-la em sua casa, meio a contragosto, Arlette também detesta a ideia de viver com elas por puro preconceito, ela teme que a influência delas a torne também uma solteirona. Porém, a protagonista, assim como as primas, evoluí como pessoa, criando um afeto com elas, isso começa a acontecer quando Arlette descobre um diário de uma das primas, onde está escrito que esta, era exatamente como ela, uma jovem que pretendia se casar e não pode por circunstâncias alheias á sua vontade. Então ela começa uma investigação para saber qual das primas é a dona do diário, e faz tudo para fazê-la voltar a desejar um amor.

Texto completo Aqui


This post first appeared on Blog Amantes De Jane Austen, please read the originial post: here

Share the post

{Resenha} As Solteironas de Chapéu Verde

×

Subscribe to Blog Amantes De Jane Austen

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×