Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Rosenkönig

Sinopse:

Os jogadores assumem o papel de representantes das casas reais de Lancaster e York, que se afrontaram na denominada Guerras das Rosas entre 1455 e 1485 com o objetivo de controlarem o trono de Inglaterra. Cada um tentará controlar a maior área do tabuleiro colocando discos com a sua cor. O vencedor será o Jogador que consiga conquistar mais pontos pelo controlo da maior área no tabuleiro.

Como se joga:

⇒ Setup

  • Coloca-se o tabuleiro entre os dois jogador no centro da mesa. Um dos jogadores senta-se com o símbolo da coroa  no topo do mapa. Esse jogador joga com as rosas brancas (Casa de York), o outro joga com as rosas vermelhas (Casa de Lancaster).
  • Colocam-se os discos ao lado do tabuleiro de forma que ambos consigo alcançá-los.
  • Baralham-se as cartas e distribuem-se 5 a cada jogador, com as restantes forma-se um monte de bisca. Os jogadores colocam as suas 5 cartas à sua frente com a face visível de maneira a que a coroa da carta esteja orientada no mesmo sentido da coroa visível no tabuleiro.
  • Cada jogador recebe 4 cartas de herói na sua cor. Essas cartas são colocada ao lado das suas cartas normais.
  • Coloca-se o marcador de rei no centro do tabuleiro (símbolo do sol).
  • O jogador vermelho começa. Depois os turnos vão alternado.

Image Ikajaste

⇒ Desenvolvimento

No seu turno, cada jogador tem de realizar uma das três seguintes ações:

  1. Jogar uma carta;
  2. Biscar uma carta;
  3. Jogar um herói e uma Carta em conjunto.

Os movimento são obrigatórios. Se for possível a um jogador mover-se mesmo que isso lhe seja desvantajoso, ele tem de o fazer. Se um jogador só conseguir mover-se usando um dos seus heróis, ele tem de o fazer. Se um jogador não tiver nenhuma possibilidade de se mover, então passará a sua vez ao adversário.

1. Jogar uma carta

Jogar uma das suas cartas visíveis e mover o marcador do rei na direção e distância indicada pela respetiva carta. A espada indica a direção a tomar pelo rei e o número romano (I, II ou III) indica a distância que terá de avançar na respetiva direção. As seguintes regras regulam o movimento do rei:

  • O marcador do rei tem de mover-se na totalidade da distância indicada pela carta jogada e nunca por um valor inferior.
  • O espaço para onde o rei se move tem de estar desocupado.
  • Não é permitido jogar uma carta que conduza o marcador do rei para fora do tabuleiro.

Antes de colocar a coroa do rei na nova localização, o jogador coloca um dos seus discos nesse espaço. Em seguida coloca o marcador de rei por cima do seu disco. Descarta a carta e não bisca nenhuma para a substituir.

2. Biscar uma carta

Em vez de jogar carta, o jogador pode biscar uma carta do monte. Esta opção só está disponível se o jogador tiver menos de 5 cartas visíveis à sua frente. A nova carta é colocada à sua frente com a face visível, com a coroa da carta orientada com a coroa do tabuleiro, como no início da partida. Quando o monte de bisca ficar esgotado, baralha-se a pilha de descarte e forma-se um monte de bisca novo.

3. Jogar um herói e uma carta em conjunto

Cada jogador tem 4 cartas de herói que podem usar durante o jogo, uma vez cada uma durante o jogo. Quando o quarto herói for usado, esta ação deixa de ser uma opção. Usar uma carta de herói permite jogar o marcador de rei para uma casa que tenha um disco do adversário. Esse disco é virado ao contrário e o marcador de rei colocado por cima dele. Este herói pode ser muito poderoso quando jogado!

Image Goodsound

Virando um disco adversário

Usar uma carta de herói permite ao jogador virar um disco adversário já no tabuleiro. Para esse efeito o jogador tem de jogar uma carta de movimento (opção 1) e descartar uma das suas cartas de herói. Em seguida move-se o marcador de rei conforme a indicação da carta de movimento descartada e vira-se o disco adversário que ocupa esse espaço no tabuleiro.

⇒ Fim do jogo 

O jogo termina de duas formas:

  1. Quando ambos os jogadores tiverem 5 cartas à sua frente e nenhum conseguir executar uma ação; ou
  2. Um dos jogadores coloque o último disco.

Em ambos os casos o jogo termina imediatamente e procede-se à avaliação das áreas dos jogadores.

Um território consiste num ou mais espaços ocupados por discos de jogador ligados por pelo menos um dos lados. Discos adjacentes na diagonal não são considerados como estando ligados.

Multiplicam-se o número de discos de cada território por ele próprio, por exemplo, um território com 7 discos ligados dá 49 pontos (7×7=49). Depois de se apurarem os valores de todos os territórios, cada jogador soma-os e obtém o seu resultado final. O jogador com mais pontos ganha. Em caso de empate, ganha quem tiver o território com maior número de discos. Se o empate subsistir, ganha o jogador com mais discos no tabuleiro.

Image John Owen

Avaliação:

Rosenkönig é um clássico dos jogos para 2 jogadores da Kosmos Verlag que dá sempre jeito ter à mão quando só há dois para jogar.

O jogo vem numa caixa quadrangular, que serve perfeitamente para arrumar todo o material que o jogo traz, e as ilustrações são bonitas, embora não deslumbrem. As regras do jogo são muito simples e aprender a jogar é rapidíssimo.

O fator sorte nas cartas é considerável. O jogo é muito agradável de se jogar e permite encadear várias partidas seguidas, especialmente naquelas noites em que já todos foram embora e ainda apetece jogar mais uma coisinha para acabar.

Um clássico que dá sempre jeito ter na prateleira, no entanto, o jogo parece estar descontinuado e só no mercado de usados se consegue comprar!

Ligações:

Site da Kosmos Verlag → AQUI

Ficha BGG → AQUI

Resumo em português  AQUI

Comprar:

Amazon.de  AQUI

Blog de Origem: JogoEu
Link: http://ift.tt/2DRRgYQ
Autor: abruk



This post first appeared on Joga Brasil | Blog Agregador De Notícias Sobre Jo, please read the originial post: here

Share the post

Rosenkönig

×

Subscribe to Joga Brasil | Blog Agregador De Notícias Sobre Jo

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×