Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A FRENTE FRIA QUE A CHUVA TRAZ

A FRENTE FRIA QUE A CHUVA TRAZ

Os extremos do Brasil.

Por Éder de Oliveira

Neville de Almeida foi um diretor de extremo sucesso na época das pornochanchadas, com títulos como ‘A Dama da Lotação’ e ‘Rio Babilônia’ e coloca o contexto do cinema marginal em seu ‘A Frente Fria que a Chuva Traz’, pois há um universo sujo e que troca amor pelo puro sexo e um planejamento do futuro pelo imediatismo.

A crítica social pesada aparece na forma com que os jovens da classe alta veem os moradores das favelas, da banalização da cultura e da perversidade com que destroem suas próprias vidas. Amsterdã, papel de Bruna Linzmeyer, leva o espectador a tentar entender um universo que, num primeiro momento, pode parecer distante para muitos, mas que está escancarado no nosso dia a dia.

Assim como cita o personagem de Flávio Bauraqui, dono da laje em que os ricaços fazem as festas, se tivesse oportunidade, ficaria deitado na beirada da piscina e jamais apareceria lá. Mas da mesma forma que há um vazio crescente dentro dos corações ‘mais abastados’, também existe o mesmo sentimento do outro lado, deixando claro que somos tão iguais quanto podemos imaginar.

Um grupo de jovens de classe alta costuma organizar festas na favela do Vidigal, regadas a muitas drogas, bebidas e sexo. Gru, dono do local, reclama da condição deixada pelos locatários e Amsterdã, jovem pobre e viciada que se infiltra nas festas, são o contraponto deste universo desregrado e podre.

Mesmo com um excelente tratamento na fotografia, há uma repetição cansativa de situações, fazendo o segundo e terceiro atos se arrastarem interminavelmente, assim como a inserção de personagens, que entram e saem apenas para enfatizar momentos pouco interessantes – o tal cantor Raposão é um exemplo disso. ‘A Frente Fria que a Chuva Traz’ recoloca Neville no mapa e prova que o diretor ainda tem ‘lenha para queimar’.

Título Original:A Frente Fria que a Chuva Traz
Ano Lançamento:2016 (Brasil)
Dir: Neville de Almeida
Elenco: Bruna Linzmeyer, Johnny Massaro, Chay Suede, Juliana Lohmann, Marina Provenzzano, Juliane Araújo, Nathália Limaverde

ORÇAMENTO: —
NOTA: 5,0

The post A FRENTE FRIA QUE A CHUVA TRAZ appeared first on Cinema e Pipoca.



This post first appeared on Cinema E Pipoca - Tudo Sobre A 7ª Arte, Com Crít, please read the originial post: here

Share the post

A FRENTE FRIA QUE A CHUVA TRAZ

×

Subscribe to Cinema E Pipoca - Tudo Sobre A 7ª Arte, Com Crít

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×