Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

11 CLIPES COM HISTÓRIAS DE FILMES

Yep, eu sei que todos os clipes são uma espécie de curta, mas vocês entenderam…E não está listado em uma sequência de melhor pra pior, mas dos primeiros que vieram na minha mente.

Shall we?

 

1. ”MY KIND OF WOMAN” – MAC DEMARCO

Quem é Mac Demarco? Um completo maluco que sabe fazer música de boa qualidade. Todas suas músicas contém um tom peculiar, mas sempre com um enredo. Esse enredo é bem notado no clipe de ”My Kind of Woman” com um senso de polêmica e reflexão. Dizem as más línguas que o clipe é ”estranho” pelo Demarco ser um completo maluco, por outro lado tem o time que busca um sentido na letra. Tem uma história criticando alguns aspectos sociais como estereótipos, marginalização da imagem da mulher e toda a classe de aparentar ser algo. Sem contar aquele sorriso nos primeiros segundos do clipe que lembra muito bem certa cena do ”Silêncio dos Inocentes”. Se alguém me achar maluco por ter falado isso, foi ele mesmo que comentou da referência. O clipe em sua maneira geral tem um tom triste e depressivo, mas é uma bela viagem.

2. ”ANY EMOTIONS” – MINI MANSIONS

COLIN HANKS! A atuação dele no clipe foi fantástica. Sim, estamos falando de atuação em um clipe. Como Colin conseguiu colocar sua emoção no clipe, bem diferente do nome da música. As alterações de humor perante os versos ficaram bem fluídas com a edição de som do vídeo. Não posso falar mais nada além de um ASSISTA. Pena essa música estar tão escondida no Youtube.

3. ”HOME BY NOW” – BOMBAY BICYCLE CLUB

Nem falo por alguma atuação ou fotografia de ficar babando, mas exatamente da simplicidade de homenagear um dos maiores filmes da história do cinema. Estamos falando de 2001. É bem sútil e gentil a maneira que eles fazem a homenagem com uma apresentação de teatro da quinta série, onde eles acabam recriando algumas cenas do filme. A letra obviamente combina com tudo que está sendo mostrado. É tudo tão calmo, mas tão calmo que dá uma sensação de acolher a nostalgia.

4. ”OXFORD COMMA” – VAMPIRE WEEKEND

Tudo começa muito bem quando Richard Ayoade está sob controle da câmera, Ainda Mais quando tem Vampire Weekend no meio. Oxford Comma é um dos maiores sucessos da banda e sem dúvidas daria um bom curta. Algo típico de Wes Anderson, desde as roupas até a divisão de cenas. Coisa que o Ayoade sabe captar muito bem. Até mesmo a peculiaridade de dividir em capítulos.

5. ”CRUEL” – ST.VINCENT

Um clipe que lembra bastante ”Pleasantville” com um tom meio pastel e uma espécie mais dark e com um plot-twist. É como se gritasse para um Tim Burton ou até mesmo Wes Anderson da vida pegasse e fizesse algo daquilo. Misturando a inocência com um sentimento estranho e triste em vários cenários misturando a realidade e a fantasia.

6. ”LAZARUS” – DAVID BOWIE

Antes de tudo, gostaria de agradecer por tudo que o Bowie já fez para esse mundo. Lazarus já começa estranho como Blackstar em si, mostrando Bowie em um estado sofrido, deitado em uma cama fugindo de algo. Analisando o fim do Bowie e o real significado de tudo aquilo, ficou ainda mais profundo. É apenas uma pessoa lutando contra a morte, e ela puxando Bowie pra ela. Existem vários contrastes dentro do clipe com uma fotografia pálida, como todo o sentimento passado ao decorrer do vídeo.

7. ”MY MISTAKES WERE MADE FOR YOU” – LAST SHADOW PUPPETS

Não necessariamente um clipe genial, mas uma história com potencial. O clipe consegue um bom sucesso em traduzir a letra em cenas não literais como Riptide, mesmo com a  música do Vance Joy tendo uma fotografia 10/10. Sem contar que você pode encontrar o Alex Turner em seus tempos de Bilbo Baggins em uma fotografia dos anos 80.

8. ” I GOT U” – DUKE DUMONT

Daria um puta filme pastelão, mas tem uma premissa legal. O cara que usa uma VR e acaba viajando para lugares paradisíacos ao redor do mundo. A fotografia é perfeita e tem uma boa sintonia com as mudanças de ritmos da música.

 

9. ”REBELLION (LIES)” – ARCADE FIRE

Vamos começar com a música sendo perfeita e o clipe ajudando. Para mim um dos melhores clipes, mostrando um bando de jovens fazendo uma rebelião e acordando ainda mais pessoas para se juntar. Para acordarem das mentiras. Eles eram tão novos…

10. ”ELEPHANT GUN” – BEIRUT

Não nada de ”wow”, mas tem uma pegada divertida desde o cenário rico e todas as vestimentas dos integrantes. A música já é bonita por natureza, e o clipe deixa a música ainda mais bonita.Obrigado Zach Condon por ser você <3. Só digo algo, assistam!

11. ”WHEN I SEE YOU AGAIN” – CANYONS

Digamos que esse seja o meu favorito. Caralhas…que letra, que música, que clipe. Ele basicamente conta uma história de uma pessoa. É uma simples montagem de várias cenas aleatórias que se encaixam melhor que LEGO. Basicamente a nostalgia, o começo, o meio e o fim de uma vida. Todas as fases. Sem contar a ligação amorosa que esse clipe mostra, de todas as pessoas que chegam e acabam por ir embora. Afinal, é a vida. Um compilado de encontros e desencontros.

The post 11 CLIPES COM HISTÓRIAS DE FILMES appeared first on Cinetoscópio.



This post first appeared on Cinetoscópio -, please read the originial post: here

Share the post

11 CLIPES COM HISTÓRIAS DE FILMES

×

Subscribe to Cinetoscópio -

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×