Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Convento de Santo Domingo revela Templo do Sol em Cusco

convento-de-santo-domingo-templo-do-sol-cusco

O Convento de Santo Domingo é um dos pontos turísticos mais famosos de Cusco. O museu que foi criado no antigo convento revela detalhes das construções antigas que ficavam no mesmo local. Era ali que estavam entre outros templos, Qorikancha – o Templo do Sol. O local sagrado era onde aconteciam rituais e oferendas ao maior Deus Inka, o Inti (Sol).

Só tinham autorização para entrar no Templo do Sol o imperador, virgens do sol e sacerdotes que tinham ali o seu observatório para monitorar as atividades celestes. Suas paredes eram cobertas por lâminas de ouro e tinha diversas estátuas douradas. Por ser o principal templo ocupava mais da metade da largura do atual convento e era onde ficavam os corpos embalsamados dos filhos do Sol.

Mas outros tempos inkas fazem parte do complexo. Como a lua era considerada esposa do sol, o Templo da Lua era o mais perto do Templo do Sol. Revestido com lâminas de prata, dentro se guardava as múmias das Coyas, dispostas em ordem de antiguidade. O templo que ocupava a parte oeste do complexo teve aproximadamente sua metade demolida pelos conquistadores espanhóis para a construção do complexo religioso. Separado por um beco do Templo da Lua, o Templo de Vênus e as Estrelas era chamado pelos Inkas de Chasca. Era em seu pátio retangular que eram feitos festas e sacrifícios. O Templo Ilapa tem três portas de batente simples e homenageava raios, relâmpagos e trovões. Já no Templo K’uychi se rendia o culto ao arco-íris, que segundo as crenças procedia do sol.

templo-do-sol-cusco

Há ainda no complexo o Intipampa, que era uma praça espaçosa em frente aos templos onde ficama os nobres, pessoal de serviço e o tribunal. O Jardim Solar funcionava como reservatório das oferendas ao Deus Sol e foi substituído por um pomar na época da instalação do Convento de Santo Domingo. Haviam ali cinco fontes, uma que ainda hoje em dia pode ser vista, com origem da água misteriosa. O significado religioso fazia com que as mesmas fossem decoradas com metais preciosos.

Todo esse tesouro inka foi escondido com a construção do convento durante a colonização espanhola, sendo este um dos últimos prédios de Cusco que utilizou os alicerces de pedras inkas para fazer o edifício colonial. Mas hoje é possível ver partes reveladas dos templos em este museu que apresenta um pouco da cultural local do período inka e da colonização espanhola.

O post Convento de Santo Domingo Revela Templo do Sol em Cusco apareceu primeiro em Maior Viagem.



This post first appeared on Maior Viagem, please read the originial post: here

Share the post

Convento de Santo Domingo revela Templo do Sol em Cusco

×

Subscribe to Maior Viagem

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×