Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Equality Trail: rota da 1ª marcha do orgulho gay em Boston

equality trail boston

Massachusetts foi o primeiro Estado americano a legalizar o casamento homoafetivo em 2004, mas trinta anos antes, ainda na década de 70, Boston teve sua primeira marcha do orgulho gay. O caminho percorrido pela comunidade gay em 1971, hoje é conhecido como Equality Trail e pode ser percorrido pelos turistas.

A primeira Marcha Oficial do Orgulho Gay em Boston foi realizada em um sábado, dia 26 de junho de 1971. Este foi um evento claramente político que foi precedido por uma semana completa de workshops sobre várias questões que afetavam a comunidade gay emergente. A rota da marcha abrangeu quatro paradas principais, sendo que em cada uma, um orador apresentava uma lista de demandas, até a chegada à State House, onde foi emitida uma chamada para incluir os homossexuais na legislação sobre direitos civis. Apesar de alguns pontos da Equality Trail não existirem mais hoje, fisicamente, seguimos a trilha quando estivemos em Boston.

O ponto de partida foi no Jacques Cabaret (1), que se tornou o primeiro bar gay em meados dos anos 40. Localizado no nº 79 da Broadway, em 1965, seu dono também abriu, do outro lado da rua, o “The Other Side”, que foi a primeira discoteca da cidade a permitir dança do mesmo sexo. No final dos anos 70, o Jacques se tornou local para shows de drag queens, que continua sendo foco até hoje. Seguindo pela Piedmont Street, se atente para o nº 52, onde funcionava o Napoleon Club (2). Aberto em 1929 como um speakeasy, se tornando um bar gay em 1952, recebendo Liberace e Judy Garland, segundo rumores. O estabelecimento encontra-se fechado desde 1998, mas ainda é lembrado no Napoleon Room, localizado no Club Café, bar que é um dos mais frequentados hoje em dia pela comunidade LGBT.

A Park Square (3), interseção das ruas Arlington e Stewart com Columbus Avenue, formava um centro de atividade gay no final dos anos 1950 e início dos anos 1960. Era ali que ficava um dos bares mais populares dessa época, o Punch Bowl, que entretinha enormes multidões. O South End foi originalmente ocupado por empresários de classe média e banqueiros, mas a crise e o surgimento do bairro de Back Bay, levaram muitas pessoas ricas a deixar a região. Na década de 40, muitas casas consideradas “single-sex” abrigavam gays e lésbicas solteiros que conseguiam viver juntos como uma forma de economia. A partir dos anos 80, o vigor cultural da região foi restabelecido por artistas e empresários.

equality trail primeira parte

O segundo ponto de parada da Marcha foi no antigo Departamento de Polícia de Boston (BPD), que ficava na esquina das ruas Stanhope e Berkeley, para reivindicação de questões entre a polícia e a comunidade gay. Só em 1978, que o BPD assumiu uma posição de trabalhar diretamente para atender as necessidades e preocupações dos membros da comunidade LGBT. O primeiro espaço para gays e lésbicas se reunirem e falar sobre questões políticas e sociais, oferecendo apoio aos membros da comunidade, ocupava o nº 419 da Boylston Street, que hoje abriga um grande prédio, o “Warren Chambers”. O extinto Homophile Union of Boston (HUB) (4) foi fundado no final de 1969.

A Arlington Street Church (5), na esquina das ruas Boyslton e Arlington, é uma igreja unitária universalista, que sempre apoiou a causa LGBT. Muitos grupos se encontraram ali, mas o grande destaque foi para a primeira cerimônia de casamento do mesmo sexo em Boston realizada em 1973 – oficialmente não reconhecida. Até mesmo o Boston Public Garden (6) foi um local popular entre os gays de Boston, especialmente durante o período entre a Segunda Guerra Mundial até a década de 1980. Foi lá que a mais famosa drag queen de Boston, recebeu seu nome artístico na década de 40. Sylvia Sidney, que se autodenominava “Bitch of Boston”, morreu em dezembro de 1998, mas até pouco antes de sua morte, se apresentava no Jacques Cabaret.

O nº 70 da Charles Street abrigava a Charles Street Meeting House, que já foi o lar de vários grupos e publicações ativistas gays. O Gay Community News (GCN), funcionou de 1973 a 1992 com tiragem semanal e até 1999 como trimestral, publicando sua primeira edição fora da Charles Street Meeting House. A Gay Community News foi uma publicação influente em Boston e em todos os Estados Unidos.

equality trail segunda parte

A terceira parada foi na Massachusetts State House (7), onde fica o gabinete do governador do Estado de Massachusetts, a Câmara dos Deputados e o Senado. As reivindicações na época previam acabar com discriminação e perseguição aos homossexuais. Em 1974, Elaine Noble foi eleita a primeira pessoa abertamente gay na nação a ocupar um cargo eleitoral. Mesmo com a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, no início dos anos 2000, em Massachusetts, somente em 17 de maio de 2004 que o Estado começou a emitir certidões de casamento para os casais do mesmo sexo.

A última parada foi na Igreja de St. Paul (8), na Tremont Street, que tem uma longa história de apoio à comunidade LGBT em Boston. Alguns dos primeiros serviços de saúde pública para pessoas com AIDS foram realizados lá. A igreja também permite a liderança de bispos gays e lésbicas. Porém, em 1971, a parte externa da igreja foi palco para reivindicações que abrangiam denúncias de séculos de perseguição religiosa aos homossexuais.

A Marcha de 1971 terminou no Parkman Bandstand (9), coreto no centro do Boston Commom, com armários de papelão sendo rasgados e despejo de livros de psiquiatras que julgavam a homossexualidade como doença. O coreto foi recentemente renovado em 1996 e ainda abriga comícios de todos os tipos. No dia em que passamos por lá, inclusive, estava acontecendo uma manifestação contra o atual presidente. Atualmente, ainda é ponto de encontro comum para eventos, que incluem a Boston Pride, a Annual Youth Pride March e a Annual Boston Dyke March.

equality trail terceira parte

Nossa viagem a Boston contou com apoio do Mandarin Oriental, Boston, que nos recebeu na cidade. Leia sobre nossa experiência no hotel e faça sua reserva por aqui. Estivemos conectados através do chip de celular do Mysimtravel, durante todos os dias na cidade. Compre seu chip pelo link e já saia do Brasil com ele em mãos para se manter conectado em diversos destinos pelo mundo.

Foto de capa: Boston Globe

O post Equality Trail: rota da 1ª marcha do orgulho gay em Boston apareceu primeiro em Maior Viagem.



This post first appeared on Maior Viagem, please read the originial post: here

Share the post

Equality Trail: rota da 1ª marcha do orgulho gay em Boston

×

Subscribe to Maior Viagem

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×