Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Swiss Travel Pass: explorando a Suíça de trem

swiss travel pass

Em alguns países é possível conhecer diversas cidades de forma rápida utilizando o trem como forma de locomoção. Graças a uma excelente malha ferroviária, a Suíça se inclui nesses países. Quando estivemos por lá em fevereiro de 2017, utilizamos o Swiss Travel Pass, um passe ilimitado para uso nos trens do país em um período determinado.

Assim como fizemos no Japão, exploramos algumas cidades da Suíça, nos deslocando entre elas usando o trem. Para visitantes estrangeiros, o Swiss Travel Pass é uma opção excelente para usar a rede de transportes públicos do país, já que você pode usa-lo nos trens, ônibus e até mesmo ferries de lago para chegar a qualquer destino, incluindo as cidades que visitamos: Genebra, Engelberg, Zurique e Lucerna.

Nosso passe foi cedido pelo Swiss Travel System (STS). No passe consta o nome do passageiro (1), data de início e final da validade do passe (2a/b), a classe do vagão em que o passageiro pode viajar (3), nacionalidade e número do passaporte (4).

exemplo swiss travel pass

Com o passe é possível embarcar a qualquer hora e local de acordo com seu roteiro de viagem, basta conferir os horários dos trens no site da SBB – empresa que opera os trens na Suíça -, ir para a estação mais próxima e se preparar para explorar seu próximo destino. Alguns trens de alta velocidade, internacionais, noturnos e panorâmicos exigem uma reserva prévia de assento, mas não chegamos a utiliza-los em nosso roteiro. Lembrando que os trens na Suíça são extremamente pontuais!

Tivemos a oportunidade de viajar na primeira classe dos trens e o conforto é maior, mas em alguns trens nos quais viajamos, pelo que pude observar, a segunda classe não tinha uma grande diferença a não ser no estofado ou espaço das cadeiras. Abaixo algumas fotos dos assentos nos vagões de primeira (em cinza e vermelho) e segunda (em azul) classe.

trem suica - primeira e segunda classe

Caso você esteja viajando em uma classe que não condiga com seu passe, poderá ser aplicada multa, que deverá ser paga imediatamente. É obrigatório apresentar o passaporte (ou documento de identificação) junto ao passe. Importante ressaltar que em todos os trajetos que fizemos, os fiscais do trem conferiram os passes junto aos nossos passaportes, às vezes até mais de uma vez no mesmo trecho.

Qual tipo de passe comprar:

Existem dois grupos básicos que são os mais usados: Swiss Travel Pass (viagens ilimitadas de trem, ônibus e barco em dias consecutivos) e Swiss Travel Pass Flex (viagens ilimitadas de trem, ônibus e barco em dias livremente selecionáveis no período de um mês). São emitidos passes para 3, 4, 8 e 15 dias para cada um deles.

Há diferença de preço dependendo: da classe escolhida (1ª ou 2ª classe) e da idade do viajante (adulto, jovens com menos de 26 anos – 15% de desconto). Crianças menores de 6 anos acompanhadas por um titular de bilhete STS válido, viajam gratuitamente. Famílias que estiverem viajando em conjunto podem optar pelo Swiss Family Pass, que permite que crianças de 6 a 16 anos viajem grátis, quando acompanhadas por pelo menos um dos pais com bilhete STS válido.

trem primeira classe suica

Outras vantagens do Swiss Travel Pass:

O passe oferece algumas vantagens para tornar sua viagem ainda mais interessante. Transporte público grátis em mais de 90 áreas urbanas, descontos em excursões e entrada grátis em mais de 500 museus no país. Importante ressaltar que os bilhetes STS estão disponíveis apenas para pessoas com residência fora da Suíça e do Principado de Liechtenstein.

Os passes podem ser comprados aqui no Brasil em agências de viagem, pelo site da RailEurope ou no site do próprio Swiss Travel Pass. Também é possível comprar nas estações ferroviárias da Suíça, apresentando o passaporte brasileiro.

Durante toda nossa viagem pela Suíça, utilizamos a conexão do Mysimtravel que funcionou perfeitamente em todas as cidades que visitamos. Em Zurique contamos com apoio dos hotéis da Small Luxury Hotels of the World: Eden Au Lac e Ambassador à l’Opera que nos receberam na cidade. Em Lucerna contamos com apoio de Luzern Tourismus AG, órgão de turismo da cidade, assim como em Engelberg, tivemos apoio do escritório de Turismo Engelberg/TITLIS. Durante a estadia em Genebra fomos recebidos pelo Mandarin Oriental Geneva e tivemos apoio do órgão de turismo da cidade Geneva Tourism.

O post Swiss Travel Pass: explorando a Suíça de trem apareceu primeiro em Maior Viagem.



This post first appeared on Maior Viagem, please read the originial post: here

Share the post

Swiss Travel Pass: explorando a Suíça de trem

×

Subscribe to Maior Viagem

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×