Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

EM BUSCA DA LIDERANÇA DO GRUPO

Time recebe o Boavista, vence por 1x0
e assume a liderança do grupo



Hoje, pude perceber o seguinte: num comparativo entre o time do ano passado e o deste ano, acho que vamos ficar no 'zero a zero'. Explico.

Ano passado nós tínhamos jogadores de qualidade, a saber, Airton, Vitor Luis, Roger (mais na segunda metade do ano) e Bruno Silva. Só que não tínhamos elenco. No final do ano, com o Airton quebrado e os outros já sem gás, tudo foi por água abaixo. Este ano, esta qualidade diminuiu, os que estão chegando ainda têm muito a provar mas as exigências são menores (sem a Libertadores). O elenco, contudo, parece que vai ser maior, com jogadores que podem sobrar em algumas posições.

Só que o diferencial do ano passado era a pegada, este ano, quase que abandonada por um esquema de jogo diferente (sem os 3 volantes da era Jair Ventura). Na parte inicial da CB e no carioca, acho que isto fará pouca diferença mas no brasileirão a coisa pode não funcionar. Com isto, o que vejo é que no "frigir dos ovos", o time pode ficar neste 2018 na mesma situação do elenco do ano passado. Um frissom aqui, outro ali mas mais nada. Enfim, isto pode apenas ser exercício de futurologia.

DO JOGO

O time não deu espaços (ou, pelo menos, poucos foram estes espaços), diferentemente daquela primeira partida, aquele 2x2. Vejo Leo Valencia essencial como assistente, tendo sido o autor de assistências para vários gols dos jogos nos quais participou desde que chegou, só que, ao meu ver, a camisa pesou. Ele é bom, inteligente, sabe o que faz com a bola mas infelizmente, tem medo. Vê-se isto claramente nas inúmeras bolas em que ele, podendo avançar em direção à área, recua a jogada para os homens de defesa.

Vejo em Ezequiel um garoto promissor, mas que vai precisar de um cara experiente (como foi o Seedorf para o Vitinho e o Gabriel) para não se perder na afobação e ficar sem rumo (vide Gegê). Vejo no Renatinho um outro garoto igualmente promissor, mas do qual precisamos de mais observação para ver o que pode render. Botafogo não é Paraná Clube, nossos adversários não são os do interior do PR. Por fim, vejo que o Brenner, se não ficar insistindo em sair da área, pode ser um dos nossos homens-gol, já que é eficiente como goleador (sem comentar o nível ralo de técnica) e em matéria de pênaltis, é muito bom.

No mais, vencemos e estamos na liderança. Pelo andar da carruagem, devemos pegar um pequeno na semifinal do carioca, o que é bom para as pretensões deste elenco. Temos mais um jogo até lá.


O gol do jogo - Brenner

O acesso ao blog não é recomendado com o navegador Internet Explorer.


This post first appeared on BOTAFOGO ETERNO, please read the originial post: here

Share the post

EM BUSCA DA LIDERANÇA DO GRUPO

×

Subscribe to Botafogo Eterno

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×