Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A Mortificação e o Espírito Santo

Mortificamos a imaginação, livrando-a de pensamentos inúteis:


  1. Da memória tiramos essas recordações que não nos aproximam de Deus e  
  2. Para fortalecer a vontadade, cumprimos o dever de cada momento.
O trabalho intenso, se estiver dirigido para Deus, longe de impedir nosso diálogo com Ele, facilita-o. O mesmo acontece com o resto das nossas atividades: as relações sociais, a vida em família, as viagens e o descando. Se estamos próximos de Deus em todas essas circunstãncias nos santificamos na vida em sociedade.

Quando estamos longe de Deus, toda essa realidade humana pode ser levada pela frivolidade, avareza, ambição e tantos outros maus descaminhos como a corrupção que tanto destrói a vida em sociedade.

Recolher-se é juntar o que está disperso. Com o recolhimento interior podemos conduzir as coisas da terra com a luz de Deus.

O contrário do recolhimento interior é a dissipação, a frivolidade, a frouxidão para ceder ao mais fácil chegando à corrupção e outros males. Longe de Deus os sentidos e as potências da alma se detem em qualquer charco e a pessoa vive sem firmeza, com a atenção dispersa e acende-se a concuspicência. Sem recolhimento não é possível o trato com Deus.

O Espírito santo habita nos corações como num templo. É o doce hóspede da alma e quanto amis o cristão cresce em boas obras, quanto mais se purifica, tanto mais o Espírito Santo se compraz em habitar nele e em dar-lhe novas graças para a sua santificação e para o apostolado que realiza.

O Espírito Sabto está na alma do cristão em graça para configurá-lo com Cristo, para que cada vez mais se pareça com Ele, para movê-lo e ajudá-lo a cumprir a vontade de Deus. O Espírito Santo vem como remédio para nossa fraqueza e fazendo sua a nossa causa, advoga em nosso favor diante do Pai.


This post first appeared on Vida Em Sociedade, please read the originial post: here

Share the post

A Mortificação e o Espírito Santo

×

Subscribe to Vida Em Sociedade

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×