Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

WRC 2016 - Rali da Finlândia (Dia 1)

No primeiro dia do Rali da Finlândia, Kris Meeke aparece dos seus testes do novo carro com o velho, e está disposto a ganhar mais um rali, como fez há quase dois meses em Portugal. Diz-se isto porque no final do primeiro dia competitivo do Rali da Finlândia, ele é o líder da geral, na frente de Jari-Matti Latvala e de Ott Tanak.
Depois de Tanak e Anders Mikkelsen terem empatado na classificativa inicial do rali, ontem à noite, o dia de hoje começou com Meeke a entrar com todo o gás nas velozes classificativas finlandesas, na primeira passagem por Mokkipera. O inglês deixou Jari-Matti Latvala a dois Segundos e Ott Tanak a 2,9, uma liderança que começava a ser interessante. Mikkelsen saira para quarto e Sebastien Ogier, o líder do campeonato, cedeu 5,3 segundos a Meeke e era agora o quinto classificado, na frente do Hyundai de Thierry Neuville.

Nas classificativas seguintes Latvala e Tanak reagiram e venceram, apertando o cerco a Meeke. que conseguindo ficar não muito longe deles, manteve a liderança. Por esta altura, os outros pilotos da Hyundai, o holandês Kevin Abbring (que substitui o lesionado Dani Sordo) e o neozelandês Hayden Paddon, eram respectivamente oitavo e nono na geral, andando "limpo, sem riscos".

Na especial de Jukojarvi, com Tanak a ganhar, Latval sofreu um furo e perdeu mais de dezasseis segundos para a concorrência, caindo para o quinto posto, atrás de Ogier.  “Não foi o desastre completo”, disse o piloto local.

No final da manhã, Latvala partiu ao ataque. Ganhou a sexta classificativa, a primeira passagem por Horkka, com 0,8 segundos de vantagem sobre Meeke, mas não passou do quarto posto, passando apenas Ogier, que tem de abrir a estrada dado o seu estatuto de líder do campeonato. Ott Tanak sofreu um grande percalço devido à equebra da suspensão, fazendo perder quase um minuto, ficando de fora das contas da vitória, pois está em décimo.

Pela tarde, Tanak venceu a classificativa de Aanekoski-Valtra, com Craig Breen a ser o segundo e a subir ao quarto posto com o segundo Citroen, atrás dosVolkswagens de Latvala e Ogier. Contudo, Thierry Neuvulle e Andreas Mikkelsen andam bem atrás de Breen, a menos de 1,3 segundos. Meeke reagiu, vencendo na segunda passagem por Mokkipera e aumentando a vantagem para Latvala em 21 segundos.

E na décima especial... Ogier perdeu o rali. Um despiste o fez perder mais de 15 minutos, depois do seu Volkswagen ficar preso na vala. Alguns concorrentes disseram que quando passaram pelo local, não havia espectadores suficientes para o tirar do local onde estava. Latvala ganhou a especial, e as atenções passaram para a luta pelo terceiro posto, com Mikkelsen e Neuville a ficarem separados por 0,6 segundos.

As duas últimas especiais do dia, as segundas passagens por Horkka e Harju, viram Meeke e Mikkelsen a vencerem, respectivamente. O inglês conseguiu controlar a distância para Latvala e acabou o dia com uma vantagem de 18,1 segundos sobre o finlandês. Thierry Neuville é o terceiro, e o melhor dos Hyundai, a 44,3 segundos, acabando com 1,1 segundos de vantagem sobre Anders Mikkelsen.

Craig Breen é um surpreendente quinto classificado, no segundo Citroen, a 53,8 segundos, 4,4 de vantagem sobre Hayden Paddon, que tem Mads Ostberg não muito longe . e o melhor dos Ford, a propósito - a um minuto e dois segundos. Ott Tanak é o oitavo e Eric Camili é o nono, a um minuto e 22 segundos, enquanto que Essapekka Lappi é o décimo, e o melhor dos WRC2, a dois minutos do líder.

O Rali da Finlândia continua amanhã.


This post first appeared on Continental Circus, please read the originial post: here

Share the post

WRC 2016 - Rali da Finlândia (Dia 1)

×

Subscribe to Continental Circus

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×