Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

WRC 2018 - Rali de Monte Carlo (Dia 2)

Sebastien Ogier domina o Rali de Monte Carlo de 2018, cumpridas estão as primeiras oito classificativas desta prova. O piloto da Ford tem uma vantagem de 14 Segundos sobre o Toyota do estánio Ott Tanak, depois do piloto francês ter perdido alguns segundos devido a um despiste na sétima especial. Dani Sordo é o terceiro classificado, a quase um minuto da liderança, num rali onde já viu Andreas Mikkelsen a retirar-se devido a problemas no seu alternador.

Com seis classificativas pela frente nesta sexta-feira, o dia começou com Ott Tanak ao ataque, ao ser o melhor na terceira especial, a primeira passagem por Vitrolles-Oze. O estónio da Toyota conseguiu uma vantagem de 3,9 segundos, e 5,4 sobre Elfyn Evans. Contudo, alguns pilotos tiveram a vida (ainda) mais infernizada, pois Thierry Neuville teve um furo e perdeu 35 segundos, enquanto que Andreas Mikkelsen perdeu 21 segundos - e o segundo lugar para Dani Sordo - depois de ter saído em frente num cruzamento. 

Craig Breen perdeu um minuto por ter ficado sem travões, depois de ter batido numa pedra.

Ogier continuou a vencer na quarta especial, a primeira passagem por Roussieux-Eygalayes, ganhando 1,9 segundos sobre Thierry Neuville, e quatro segundos sobre Ott Tanak. Numa classificativa onde os pneus sofreram muito devido às características mais abrasivas da estrada, ficou marcado pelo abandono de Andreas Mikkelsen, que viu o seu alternador avariar antes da especial e sair de cena. Apenas na sua quarta especial, a Hyundai via dois dos seus três carros de fora da luta pela vitória.  

Craig Breen perdeu mais tempo por causa dos seus travões que não funcionam como queria.

Elfyn Evans acabou por ser o vencedor da última especial da manhã, a primeira passagem por Vaumeilh-Claret, conseguindo um tempo 0,3 segundos melhor do que Ott Tanak e 0,7 sobre Thierry Neuville.

Na parte da tarde, Tanak, agora segundo (então a 40 segundosde Ogier), partiu ao ataque, vencendo na segunda passagem por Vitrolles-Oze e conseguindo uma vantagem de 6,5 segundos sobre Ogier e 6,7 sobre Neuville. Dani Sordo, agora o melhor dos Hyundai, perdeu 27 segundos e agora era ameaçado por Esapekka Lappi, no segundo Toyota.

Evans voltou a vencer na sétima especial, a segunda passagem por Roussieux-Eygalayes, com o galês da Ford a conseguir um segundo de vantagem sobre Thierry Neuville e vinte segundos sobre Ott Tanak. Nessa especial, Ogier apanhou um susto e ficou preso numa vala, perdendo à volta de 30 segundos nesse incidente. O francês necessitou da ajuda dos fãs que aí se encontravam para voltar ao troço. Manteve a liderança, mas agora, Tanak estava a meros 19,3 segundos.

O final do dia ficou marcado pela vitória de Thierry Neuville, conseguindo uma vantagem de 7,4 segundos sobre os Toyotas de Jari-Matti Latvala e Ott Tanak, enquanto que Sebastien Ogier perdeu mais 12,5 segundos, vendo a sua liderança reduzida a meros 14 segundos, com Ott Tanak em perseguição.

No final do dia, Dani Sordo é o único piloto que está a menos de um minuto da liderança. O espanhol é o terceiro classificado do rali no final deste segundo dia, e claro, o melhor dos Hyundai. Esapekka Lappi é o quarto, a um minuto e nove segundos, que está a ser assediado por Jari-Matti Latvala, quinto neste final do dia, a menos de um segundo.

Kris Meeke é o sexto e melhor dos Citroen, a dois minutos e 45 segundos da liderança, quase cinquenta segundos na frente de Bryan Bouffier, no terceiro Ford. Elfyn Evans é o oitavo, ameaçado por Thierry Neuville, enquanto que Craig Breen fecha o "top ten", no segundo Citroen, a mais de cinco minutos da liderança.

O Rali de Monte Carlo continua amanhã com a realização de mais cinco especiais. 


This post first appeared on Continental Circus, please read the originial post: here

Share the post

WRC 2018 - Rali de Monte Carlo (Dia 2)

×

Subscribe to Continental Circus

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×