Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A FIA vai investigar de novo o incidente de Baku

A FIA decidiu esta quarta-feira que irá ordenar uma investigação ao sucedido no GP do Azerbaijão de Formula 1, no que se refere ao ‘desaguisado’ entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Jean Todt, o seu presidente, acha que a penalização de dez segundos do incidente foi demasiadamente branda e quer saber se há espaço para uma punição mais pesada. Qualquer que seja o resultado, este terá de acontecer ainda antes do GP da Áustria, no Red Bull Ring.

Há muito para se pensar sobre a sentença. A desclassificação pode acontecer, mas também uma corrida de suspensão, mas essa sentença poderá ter implicações no campeonato, já que há um duelo com Lewis Hamilton, e retirá-lo de uma corrida poderá dar a ideia de que a FIA favorece determinado piloto e isso poderá fazer com que o campeonato seja de novo entregue ao piloto britânico, apesar de ainda nem estarmos a meio da temporada. 

Uma coisa interessante é referida esta noite pelo Joe Saward, e é algo parecido com "mostrar serviço": é que vai haver eleições na FIA este ano - parece que não, mas vai acontecer, dado que é candidato único - e isto pode ser visto como algo que contraria a ideia principal da politica de Todt na entidade máxima do automobilismo, que é a segurança na estrada. E também os incidentes do México, no ano passado, onde insultou Charlie Whitting, depois de uma penalização na briga com os Red Bull de Daniel Ricciardo e Max Verstappen, poderão pesar de forma desfavorável no caso do tetracampeão alemão.

Logo, se Todt ver isto e não fazer nada, poderá passar a velha ideia do tempo de Max Mosley, onde a entidade ser vista de modo sarcástico como "Ferrari International Assistance", e isso poderá causar oposição às suas politicas. Logo, mais do que uma decisão sobre um incidente de corrida, também poderá haver politica por trás.

Curiosamente, dois dias antes, o mesmo Todt tinha afirmado que a briga entre os dois era "saudável" para a Formula 1: “As pessoas sempre reclamam de mim que nós sabíamos quem iria vencer antes da corrida. Com Lewis Hamilton e Sebastian Vettel, ao menos agora nós temos uma batalha real entre dois homens. A Formula 1 precisa de ação e emoção, e os dois estão colocando isso neste momento", afirmou em declarações à Bild alemã.

A Ferrari fez um trabalho incrível e acho que eles podem ser competitivos durante o ano todo. O foco de Vettel me lembra um pouco o de Michael: o profissionalismo, a capacidade de unir toda a equipe e, como Vettel, Michael não gostava de perder”, concluiu.

Em suma, o "caso Baku" vai dar pano para mangas. E vá-se saber porque é que hoje, ele mudou de ideias...


This post first appeared on Continental Circus, please read the originial post: here

Share the post

A FIA vai investigar de novo o incidente de Baku

×

Subscribe to Continental Circus

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×