Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A redescoberta de um carro mitico

Ano que vêm, "Bullitt" fará 50 anos. Um dos filmes mais míticos da década de 60, mostrou duas coisas: o ator Steve McQueen como "o rei do cool", no papel de Frank Bullitt e uma das perseguições mais míticas da história do cinema, com o duelo entre o Dodge Charger dos "maus da fita" (que na realidade, é guiado por Bill Hickman, um dos melhores duplos do seu tempo) e o Ford Mustang GT verde oliva de Bullitt, pelas ruas de São Francisco.

O filme mostra ambos os carros, mas o que os fãs gostam mais é do Mustang Fastback 350GT, um veloz coupé. Soube-se que eles usaram dois carros nessa cena, e que um deles está guardado num armazém há mais de 50 anos, e o proprietário não deseja vendê-lo, resistindo a várias ofertas do próprio McQueen, que queria comprá-lo. O segundo Carro julgava-se perdido para sempre, de tão batido que tinha ficado durante as filmagens.

Contudo, há algumas semanas, foi feito um anuncio improvável: esse segundo carro foi encontrado. No México, e está a ser restaurado para ser mostrado ao mundo no ano que vêm, no cinquentenário do filme. 

Segundo se conta na noticia, o carro tinha Sido Encontrado na Baja California - ou seja, no México - numa sucata, abandonado e já sem o motor original. Tinha sido pintado de novo, com uma camada branca, mas conseguiu ser identificado graças à placa que acompanha todos os carros desde a sua construção na fábrica. A pessoa que o encontrou, Hugo Sanchez, tinha como objetivo inicial transformá-lo numa réplica da "Eleanor", o Mustang que aparece no filme de 2001 "60 Segundos", mas quando o trouxe para a oficina do seu amigo Ralph Garcia Jr, no outro lado da fronteira, e descobriram a placa, foram ver numa base de dados compilada por Kevin Merti e ficaram chocados com a descoberta.

"Não é a primeira vez que um desses carros de filmes antigos aparece num ferro velho, mas isso é raro", afirmou Marti, que foi ver o carro em pessoa, depois de ter sido contactado pelos proprietários. Apesar do carro ter sido encontrado sem caixa de velocidades, os eixos dianteiros e traseiros pertencem a um Mustang de 1967. Para além disso, descobriram buracos extra no porta-bagagens, indicativos de que tiveram câmaras montadas dentro do carro para as cenas "onboard" do filme.

Garcia apresentou o carro ao público no inicio deste mês em Mexicali, e já teve ofertas bem generosas para comprar o carro tal qual como está, mas recusou, afirmando que quer restaurar o carro de forma mais original possível, para poder apresentar no ano que vêm, altura em que o filme comemorará o seu 50º aniversário. 


This post first appeared on Continental Circus, please read the originial post: here

Share the post

A redescoberta de um carro mitico

×

Subscribe to Continental Circus

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×