Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

RUI VITÓRIA: "O TRIUNFO TINHA DE SER NOSSO"


O Benfica criou muitas ocasiões de golo, mas no dérbi encontrou pela frente um guarda-redes superinspirado que defendeu quase todas as bolas na baliza do Sporting. "Fico contente por toda a gente sentir, porque é factual, que fomos a equipa que impôs o ritmo, a velocidade e que foi melhor", afirmou Rui Vitória.

"Não se marcou agora, haveremos de Marcar Noutra Altura. Há que continuar o trabalho e acreditar no que se está a fazer perante a exigência do momento em face da quantidade de jogos sem tempo para descansar", juntou o treinador do Benfica na análise ao grande jogo da 3.ª jornada da Liga NOS.

ANÁLISE AO DÉRBI

"Ficou um empate, mas fomos melhores, merecíamos ter vencido. Como aconteceu na terça-feira [com o PAOK], tivemos um conjunto vasto de oportunidades, encostámos o Sporting lá atrás. Defrontámos uma boa equipa, mas aparecemos muito frescos, nem parecia que tivemos um jogo na terça-feira. A vitória era para nós, perante as oportunidades que tivemos e por aquilo que foi a exibição do guarda-redes do Sporting, que acabou por ser o melhor da sua equipa. Foi um resultado injusto. O adversário veio à espera do nosso erro, não teve oportunidades na área, não teve agressividade ofensiva que nos causasse grande perigo. Marcou num penálti que surgiu, mas fomos a equipa mais intensa, que teve as melhores oportunidades de golo e, mesmo em desvantagem, foi atrás do golo."
Rafa

GOLO DE JOÃO FÉLIX E AS SUBSTITUIÇÕES

"A qualidade é que importa, não é a idade. Senti que o João poderia acrescentar mais golo na zona central, porque é um jogador que pega na bola e, se lhe dão uma oportunidade, tem capacidade de finalizar. Ficamos contentes quando um jogador entra e corresponde, mas aqui o critério é a qualidade. Lancei o João Félix e o Seferovic com o objetivo de ganhar a profundidade com o segundo e para que o primeiro pudesse cair nos espaços, ser perspicaz e aproveitar os cruzamentos, como aconteceu. Mudámos um pouco o nosso sistema, trabalhámos para que o golo aparecesse. Louvo os meus jogadores e tenho de lhes dar os parabéns, porque sinto-os com vontade dar resposta, sabendo que estamos a jogar com intensidades altas e que a nossa equipa não é de espera."
Benfica-Sporting

ILAÇÕES PARA O PRÓXIMO DESAFIO

"O que se tem de tirar daqui é a dose de confiança de quem fez tudo para ganhar, de quem foi a melhor equipa em campo, que procurou o golo e teve as melhores oportunidades de golo. Fico contente por toda a gente sentir, porque é factual, que fomos a equipa que impôs o ritmo, imprimiu a velocidade que quis na partida e teve as melhores oportunidades de golo. Acertámos praticamente uma dezena de remates na baliza, mas o Salin fez uma grande exibição. Não se marcou agora, haveremos de marcar noutra altura. Há que continuar o trabalho e acreditar no que se está a fazer perante a exigência do momento em face da quantidade de jogos sem tempo para descansar."
Benfica-Sporting

SEM RESPIRAR... E O PAOK É JÁ A SEGUIR

"Tenho a certeza de que, com mais um ou dois dias de recuperação, este jogo era nosso. Ouvi o José [Peseiro] dizer na conferência de Imprensa que amanhã vai repousar... Eu amanhã às 9h00 já estou com os meus jogadores a preparar o jogo [de quarta-feira] com o PAOK. A grande diferença é esta, estamos a trabalhar sem descanso, a preparar jogos em cima de jogos, com grande intensidade. Com mais um dia ou dois de recuperação, isto seria ainda mais diferente do que aquilo que foi. Gostava de ter menos jogos nesta fase, porque a explosão e a intensidade seriam mais altas da nossa parte. Mas é o que temos, há que refletir sobre isto também. Mas quem tem estes jogadores, tem de estar otimista para o jogo na Grécia."
Luís Godinho 

ATUAÇÃO DO ÁRBITRO LUÍS GODINHO

"Achei que o jogo não foi bem conduzido. Aqui há dias houve umas reuniões em que foi dito que se tinha de mostrar cartão amarelo, fosse o lance ao primeiro minuto ou ao nonagésimo. Os árbitros não levaram isso à letra. Comecei logo a sentir no primeiro lance [entrada dura de Ristovski sobre Fejsa] que havia alguma coisa que não estava ser bem decidida. Concluo que não foi uma condução de jogo tranquila, serena e segura; foi um bocado descontrolada. É um árbitro que tem qualidade, mas estes jogos são de exigência muito elevada."


This post first appeared on Benfica Glorioso, please read the originial post: here

Share the post

RUI VITÓRIA: "O TRIUNFO TINHA DE SER NOSSO"

×

Subscribe to Benfica Glorioso

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×