Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Cruzeiro cumpre meta: quebrar a vantagem: 2x1

Cruzeiro 2 x 1 At. Mineiro (MG) - Toca III - 1º jogo da final - Camp. Mineiro 2019  
Com assistência de Fred Marquinhos Gabriel abriu o placar que Léo fechou.
Cumpriu a meta
O Cruzeiro entrou em campo mais uma vez ciente de sua responsabildade e sabendo exatamente como deveria jogar. O timinho de Vespasiano também. Entrou pra segurar o jogo, para tentar jogar pelo regulamento sabedor que era da sua inferioridade ao Maior de Minas. O Cruzeiro começou mandando no jogo e impondo seu ritmo. Foi melhor e mereceu a vitória parcial no 1º tempo. Buscou o jogo, teve mais posse de bola e finalizações. No 2º tempo não mudou muito sua postura. Apenas como estava na frente do placar, cadenciou mais o jogo. Até o fim fomos superiores e não fomos tão ameaçados, mesmo quando o timinho tentou reverter a vantagem para não ter tanto prejuízo para o próximo jogo. Nós cumprimos nossa meta que era no mínimo quebrar a vantagem do adversário.

O jogo
 O Cruzeiro começou se impondo e buscando o gol a todo momento. Como é normal um jogo de final de campeonato a partida foi um tanto quanto truncada. Lances duros e muita reclamação. O juiz distribuiu uma penca de cartões amarelos. No fim expulsou Rafinha e o meio-campo do adversário. Já caminhando para o intervalo a bola sobrou para Fred que lançou Marquinhos Gabriel. Este tocou no canto e fez Cruzeiro 1x0. Após o intervalo o espírito do Cruzeiro continou sendo o de partir pra cima, só que mais cadenciado. Numa bobeada de Dedé na defesa a bola sobrou limpar e o atacante franga empatou a peleja. O Cruzeiro não se abateu. Numa cobrança de escanteio a bolo sobrou para Léo que fez chutando no canto. 2x1, o Cruzeiro estava na frente novamente. Aos 34 Fred fez um gol que foi anulado pois a bola havia resvalado em sua mão.Preciosismo da arbitragem? O VAR veio acompanhado de mudança na regra? A bola bateu no braço de Fred mas isso não alterou sua trajetória... Fazer o quê? O jogo acabou com a vitória Azul do Cruzeiro que jogou bem mais e mereceu um placar até maior.
 
Desespero
É bastante interessante observar como os 'cumentaristas', sim esta classe que criaram para ajudar os preguiçosos a não raciocinar, fazem de tudo, até entortar as regras para ajudar seus times preferidos. O tal 'cumentarista' de arbitragem da rede mais odiado do hemisfério sul se contorceu hoje para tentar jogar por água a vantagem obtida pelo Cruzeiro no 1º tempo.  Quando percebeu o quão ridículo estava sendo voltou atrás. Queria que o árbitro iniciasse o 2º tempo cobrando um pênalti á favor da galinahada. Lastimável.

Destaques
Fred não fez gol mas deu a assistência para Marquinhos Gabriel fazer o nosso 1º gol. Marquinhos fez o gol e ainda jogou muito. No meio Henrique e Lucas Romero foram perfeitos. Na defesa Léo não decepcionou e ainda fez o gol da nossa vitória. Egídio e Edilson foram bem nas laterais. Robinho e Rodriguinho foram meio apagados mas importantes taticamente. Pedro Rocha estreou mas não teve muito tempo para mostrar seu futebol. Se o Cruzeiro repetir uma atuação como a de hoje será o campeão. Próxima partida será no sábado de Aleluia. Avante Celeste.


FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 14 de abril de 2019 (Domingo)
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Michael Correia
VAR: Bruno Arleu de Araújo
Gols: Marquinhos Gabriel, aos 45 do 1T, e Léo, aos 15 do 2T (Cruzeiro); Ricardo Oliveira, aos 10 do 2T (Atlético)
Cartões Amarelos: Edílson, Henrique, Lucas Romero, Marquinhos Gabriel, Fred e Rafinha (Cruzeiro); Victor, Leonardo Silva, Fábio Santos, Adílson, Luan, Maicon e Ricardo Oliveira (Atlético)
Cartões Vermelhos: Rafinha (Cruzeiro) e Adílson (Atlético)
CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero (Ariel Cabral), Rodriguinho (Pedro Rocha), Robinho (Rafinha) e Marquinhos Gabriel; Fred.
Técnico: Mano Menezes.
ATLÉTICO: Victor; Guga, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares (Vinícius), Luan (Maicon) e Chará; Ricardo Oliveira (Geuvânio).
Técnico: Rodrigo Santana.


This post first appeared on ★ Sou Cruzeirense - Blog★, please read the originial post: here

Share the post

Cruzeiro cumpre meta: quebrar a vantagem: 2x1

×

Subscribe to ★ Sou Cruzeirense - Blog★

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×