Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Esporte Interativo: “Flamengo e Nova Iguaçu reeditam duelo que já teve milagre, tropeço e salvação da Série B” – Coluna do Flamengo

​O torcedor rubro-negro não deve lembrar, mas um Flamengo e Nova Iguaçu, em 2015, na última rodada da Taça Guanabara – assim como o jogo deste domingo (4) -, ficou marcado com destaque na história do clube da Baixada. Diante do gigante do estado, a equipe segurou o 0 a 0 que evitou o descenso em jogo dramático. O protagonista foi o goleiro Jefferson, que contou melhor essa história.

“A bola foi girada da direita para a esquerda. O Marcelo Cirino recebeu a bola na entrada da grande área, cortou e chutou. Eu consegui fazer a defesa com os pés embaixo da linha. A bola sobrou para o Alecsandro, que chutou novamente, e ela bateu na minha mão, na trave e saiu. O jogo acabou naquele lance”, disse o camisa 1 ao Esporte Interativo.

Explicando: o lance aconteceu aos 47 minutos do segundo tempo, no último jogo da fase de grupos da Taça Guanabara. O Flamengo precisava da vitória para garantir o título, já que o Botafogo havia batido o Macaé e esperava pelo resultado do rival. Ao início da rodada, o Rubro-Negro liderava a tabela, com dois pontos de vantagem, mas acabou batido nos critérios de desempate. Para o Nova Iguaçu, valeu o ponto que o livrou da lanterna da chave.

Neste ano, o clube da Gávea está classificado com uma rodada de antecedência e não tem medo do tropeço na última rodada. O Nova Iguaçu, no entanto, repete o duelo podendo alfinetar outro gigante do estado: o Vasco. A equipe da Baixada briga com o Cruz-Maltino pela segunda vaga do Grupo B pela semifinal da Taça Guanabara, e está na frente. O Gigante da Colina é o vice-lanterna e torce por tropeços, também, de Bangu e Cabofriense.

“O Nova Iguaçu está em cima, se estruturou, conseguiu uma reformulação e a gente briga para classificar o time para finais inéditas, para o orgulho da Baixada. Vamos estar bem concentrados e determinados”, finalizou Jefferson.

Titulares voltam em Brasília; Arão e Réver preocupam

Para o Flamengo, o jogo é pouco importante em termos de tabela, mas gera expectativa pelos nomes que devem estar em campo. Está programado que iniciem o jogo boa parte dos titulares que formam o time base para a disputa da Copa Libertadores. César, Juan, Éverton e Diego são alguns dos esperados para fazer a estreia na temporada.

Por outro lado, o Rubro-Negro ganha mais dois nomes na lista de problemas: Willian Arão e Réver. O volante está cortado da partida por lesão na panturrilha direita, enquanto o zagueiro é monitorado por dores no tornozelo. Além deles, estão machucados Berrío, Diego Alves e Ederson. Henrique Dourado, que está regularizado e vive a expectativa da estreia, não deve jogar no domingo (4), às 17h (de Brasília), no Mané Garrincha.

Reprodução: Esporte Interativo

Comentarios

comentário

Source link

O post Esporte Interativo: “Flamengo e Nova Iguaçu reeditam duelo que já teve milagre, tropeço e salvação da Série B” – Coluna do Flamengo apareceu primeiro em Sports.



This post first appeared on Sports.tecnologiaforyou, please read the originial post: here

Share the post

Esporte Interativo: “Flamengo e Nova Iguaçu reeditam duelo que já teve milagre, tropeço e salvação da Série B” – Coluna do Flamengo

×

Subscribe to Sports.tecnologiaforyou

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×