Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Ex-vice-presidente da Argentina é preso por corrupção

Amado Boudou, antigo número 2 de Cristina Kirchner, é a segunda grande liderança do antigo governo preso nos últimos dias

Por
Da redação

access_time

3 nov 2017, 11h47 – Publicado em 3 nov 2017, 11h02

Amado Boudou, ex-vice-presidente da Argentina, foi preso nesta sexta-feira em Buenos Aires, acusado de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro, segundo informam veículos locais. O político é a segunda grande liderança da ex-presidente Cristina Kirchner, de quem foi o número 2 entre 2011 e 2015, presa nos últimos dias.

A polícia prendeu Boudou e seu sócio José Maria de Nuñez Carmona em Porto Madero, bairro de classe alta da capital argentina, por suspeitas de corrupção. As acusações dizem respeito ao período no qual ele ocupou o cargo de ministro da Economia entre 2009 e 2011, no primeiro mandato de Kirchner, informa a rede alemã DW.

Segundo o juiz Ariel Lijo, responsável por emitir o mandato de detenção, Boudou foi detido provisoriamente para não atrapalhar no andamento das investigações. O advogado do acusado, Eduardo Durañona, disse estar “surpreso” com a prisão do ex-vice-presidente, e citou o fato de Boudou ter sua saída do país autorizada pelo Congresso, “pois não havia a possibilidade de criar obstáculos ao caso ou de fugir”, disse ao canal C5N, de acordo com o jornal argentino La Nación.

O ex-ministro do Planejamento de Cristina Kirchner, Julio De Vido, foi preso no dia 25 de outubro, também acusado de corrupção. A ex-presidente, por sua vez, foi formalmente acusada de lavagem de dinheiro em abril.

Source link



This post first appeared on Sports.tecnologiaforyou, please read the originial post: here

Share the post

Ex-vice-presidente da Argentina é preso por corrupção

×

Subscribe to Sports.tecnologiaforyou

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×