Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

BIOLOGIA [FISIOLOGIA VEGETAL]

[GABARITO NO FINAL DA PÁGINA]

Visite nosso Twitter!


03 - (UFRJ)
A auxina é um hormônio vegetal que, dependendo da concentração, pode inibir ou estimular o crescimento das células jovens do caule e da raiz. 
Injetando esse hormônio numa concentração de 10-5 molar, lateralmente, na região de crescimento do caule e da raiz, o órgão cresce curvando-se para o lado, como mostra a figura abaixo:

Os efeitos da injeção de auxina no caule e na raiz estão representados no gráfico a seguir.
Determine e curva que corresponde ao caule e a que corresponde à raiz. Justifique sua resposta.


05 - (UnB)

As figuras I, II e III representam um experimento realizado por C. Darwin e seu filho Francis sobre o crescimento das Plantas e publicado em 1881. Analise-as e julgue os itens abaixo:
00. É preciso iluminar a extremidade da planta para que ela cresça em direção à luz.
01. Alguma influência é transmitida da parte superior para a parte inferior da planta, provocando a curvatura da mesma.
02. A curvatura da planta ocorre porque o lado iluminado cresce mais do que o lado não iluminado.
03. As experiências de Darwin referem-se ao fototropismo positivo dos caules.
04. As plantas não crescem em ausência de luz.
05. A partir destes experimentos, Charles Darwin descobriu a auxina.

07 - (UFAL)
Plantas que florescem no verão são chamadas “plantas de dia longo”. Para saber se a floração de uma espécie “de dia longo” é determinada pela duração do dia ou da noite, os pesquisadores mantiveram plantas em 3 condições. O experimento e os resultados estão esquematizados abaixo:
De acordo com os resultados, explique o que determina a floração nessa espécie.

11 - (EFOA)
É prática comum na poda das plantas a eliminação da parte apical e/ou de suas folhas, conforme exemplificado em A. Esse procedimento tem o efeito de retirar o local principal de síntese de auxina, hormônio responsável pelo sinal correlativo da dominância apical. Experimentalmente, se após a poda a gema apical ou folhas forem substituídas por um bloco de ágar, contendo auxina (setas), as gemas laterais inferiores permanecem inibidas.
Observe as situações indicadas e assinale a opção que NÃO se esperaria que ocorresse neste experimento:
a) V.
b) II.
c) IV.
d) III.
e) I.

12 - (FUVEST)
Um pesquisador dividiu um lote de plantas jovens em quatro grupos, dos quais três receberam os tratamentos indicados abaixo e o quarto foi usado como controle.
As plantas foram então iluminadas unilateralmente. Quais plantas se curvam em direção à fonte de luz, tal como os controles?
a) nenhuma delas.
b) somente as plantas do grupo I.
c) somente as plantas do grupo II.
d) somente as plantas dos grupos I e II.
e) As plantas dos grupos I, II e III.

17 - (UFMG)
Este esquema refere-se a um experimento realizado para estudar afloração em três plantas da mesma espécie que foram submetidas ao mesmo tempo de exposição à luz (fotoperíodo).
Com base nos resultados observados, todas as conclusões são possíveis, EXCETO
a) O tratamento fotoperiódico de uma única folha ou de toda a planta produz o mesmo efeito.
b) A floração da planta depende da retirada de algumas folhas.
c) A planta sem folhas não apresenta fotoperiodismo.
d) A planta intacta floresce após um fotoperíodo adequado.

20 - (FGV)
O esquema apresenta 4 plântulas de trigo em início de germinação,colocadas ao lado de uma fonte luminosa.
Contudo, cada uma das plântulas recebeu um tratamento:
Plântula I permaneceu intacta.
Plântula II teve o ápice do caule coberto e protegido da luz.
Plântula III teve o ápice do caule removido.
Plântula IV teve o ápice do caule removido e recolocado unilateralmente.
Haverá crescimento em direção da fonte luminosa:
a) na plântula I, apenas.
b) na plântula II, apenas.
c) nas plântulas I e IV, apenas.
d) nas plântulas I, III e IV, apenas.
e) nas plântulas I, II, III e IV.

21 - (FUVEST)
Foi realizado um experimento envolvendo plantas de dia longo e plantas de dia curto, ambas com fotoperíodo crítico de 12h. Essas plantas foram submetidas a três tratamentos diferentes:
I. 14 h de luz e 10 h de escuro;
II. 11 h de luz e 13 horas de escuro;
III. 11 h de luz, 3 h de escuro, flash de luz e 10 h de escuro.
Com os tratamento I e III, apenas as plantas de dia longo floresceram; com o tratamento II, floresceram apenas as dia curto (ver esquema). Os resultados desse experimento permitem concluir que:
a) a floração é controlada pela duração do período contínuo de luz.
b) a floração é controlada pela duração do período contínuo de escuro.
c) a floração independe do período de iluminação.
d) o flash de luz interfere apenas na floração das plantas de dia curto.
e) o flash de luz interfere apenas na floração das plantas de dia longo.

23 - (MACK)
O esquema abaixo mostra uma experiência realizada sobre a ação de hormônios vegetais. Ramos de sibipiruna (Caesalpinia sp.), contendo alguns folíolos, foram colocados dentro de 2 frascos, num deles com um pedaço de maçã e no outro sem maçã.
Depois de alguns dias, espera-se que aconteça:
a) a queda dos folíolos no frasco 1, em razão da ação do hormônio etileno, produzido pela maçã em maturação.
b) a queda dos folíolos no frasco 1, em razão da ação do hormônio auxina, produzido pela maçã em maturação.
c) a queda dos folíolos no frasco 2, em razão da ausência da ação hormonal.
d) a permanência dos folíolos no frasco 1, em razão da ação do hormônio etileno, produzido pela maçã em maturação.
e) a permanência dos folíolos no frasco 1, em razão da ação do hormônio auxina, produzido pela maçã em maturação.

25 - (UERJ)
O esquema abaixo representa uma experiência com hormônios vegetais.
 
Uma plântula foi retirada da sua caixa de germinação e colocada horizontalmente sobre um suporte de madeira durante um certo tempo,suficiente para permitir seu crescimento. O resultado desse experimento está representado pela seguinte figura:

GABARITO
3. Como o caule curvou-se para a direita concluímos que as células da esquerda cresceram mais e, portanto, a concentração de 10-5 molar de auxina estimula o crescimento de células do caule. Por outro lado, a raiz cresceu para a esquerda, o que significa que as células da direita (que não receberam o hormônio) cresceram mais. Consequentemente, a concentração de 10-5 molar inibe o crescimento de células da raiz. Essas conclusões são compatíveis com a curva A correspondendo a raiz e a curva B correspondendo ao caule.
5. CCECCE
7. As plantas de dias longos (PDL) necessitam de noites curtas (é o comprimento da noite e não o do dia que é critério para a floração), florescendo quando submetidos a noites longas interrompidas pela luz.
12. B
17. B
20. C
21. B
23. A
25. D


This post first appeared on Questões De Vestibular: Biologia, Química E Ciê, please read the originial post: here

Share the post

BIOLOGIA [FISIOLOGIA VEGETAL]

×

Subscribe to Questões De Vestibular: Biologia, Química E Ciê

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×