Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

BRUMADINHO MG, É HORA DE SER ESPÍRITA - POR DAVID CHINAGLIA









Estimados amigos e amigas do blog, é Hora de rever nossas posições, nossos pensamentos, nossas atitudes, diante de tantos problemas que este País atravessa, e agora a tragédia de Brumadinho MG,.

Não é hora de ir buscar no plano espiritual, como vejo em algumas casas espíritas, ou mesmo no MEB, co relação com mortes ou tragédias de outras vidas, outros momentos, é hora de enviarmos o nosso melhor, para lá.

Da mesma forma que se fosse seus filhos, irmãos, amigos, pai, e mãe, que estivessem lá, ou não é isto que irá pedir nas redes sociais, ou onde frequenta.

Buscar no plano espiritual, agora respostas que não cabem, que nada irão acrescentar as famílias que lá estão, é ausência de serviço, é falta de amor ao próximo.

Como podemos ajudar, a 100,300, 500, 1.000 ou 5.000 Km, mentalizando uma prece, uma única prece por dia, um bom pensamento.

Brumadinho pode ter ainda mais de 150 mortos, espíritos, que foram ou não socorridos imediatamente, pelo porte dos acontecimentos.

Para nós, não cabe ficar buscando de quem é a culpa, claro, que é do Governo de Minas Gerais, da empresa, do governo Federal da gestão anterior, já que esta governo há 27 dias, a culpa é também da sociedade que após Mariana MG nada fez para que isto parasse, agora, é hora de recolher os mortos e feridos, é hora de prece, é hora de energizar, o tempo nos dará respostas, agora, é hora de trabalhar,.

Muitos de nós gostariam de estar lá como voluntário, mas, no impedimento da vida, tire diariamente 5 a 10 minutos para o local, para os encarnados também, e para os desencarnados.

Energias do bem, do bom pensamento fortalecem os espíritos que vem ajudar nestas horas, agora, a reflexão maior para todos nós, irá levar para o que estamos fazendo no nosso dia á dia.

Irá perguntar, o leitor amigo, mas, se não é hora de culpados, porque isto? para um entendimento clássico de acidentes naturais é importante sabermos o que estamos concordando, energias de ódio, raiva, aborto, orgias sexuais, crimes, violência, trazem  o que ao solo do planeta? Espíritos de energia igual, se a natureza, tem sua força, claro está e provado está, que a natureza depende da energia, além dos acertos do homem, e da mulher, na sociedade, logo, em horas de crise assim, precisamos ajustar os pensamentos, rever conceitos do que estamos concordando, e de que planeta queremos para nós, de que País.

Vamos trazer aqui para vossa reflexão, o Céu e o Inferno de Allan Kardec, para um entendimento parcial, sobre a morte para nós, aliás leia o livro.

Causas da apreensão diante da morte

1. - O homem, seja qual for o grau da escala a que pertença, desde o estado de selvageria, tem o sentimento inato do futuro; sua intuição diz-lhe que a morte não é a última palavra da existência, e que aqueles de quem temos saudades não estão perdidos irremediavelmente. A crença no futuro é intuitiva, e infinitamente mais geral do que a crença no nada. Como explicar então que, entre aqueles que creem na imortalidade da alma, se encontre ainda tanto apego às coisas da terra, e uma apreensão tão grande da morte?

2. - A apreensão da morte é um efeito da sabedoria da Providência, e uma consequência do instinto de conservação comum a todos os seres vivos. Ela é necessária enquanto o homem não estiver suficientemente esclarecido sobre as condições da vida futura, como contrapeso ao impulso que, sem esse freio, o levaria a deixar prematuramente a vida terrestre, e a negligenciar o trabalho aqui embaixo que deve servir para seu próprio avanço. É por isso que, nos povos primitivos, o futuro é apenas uma vaga intuição, mais tarde uma simples esperança, mais tarde enfim uma certeza, mas ainda contrabalançada por um secreto apego à vida corpórea.

3. - À medida que o homem compreende melhor a vida futura, a apreensão da morte diminui; mas ao mesmo tempo, compreendendo melhor sua missão na terra, ele aguarda seu fim com mais calma, resignação e sem temor. A certeza da vida futura dá outro curso a suas ideias, outro objetivo a seus trabalhos; antes de ter essa Certeza Ele Trabalha apenas para a vida atual; com tal certeza ele trabalha tendo em vista o futuro sem negligenciar o presente, porque sabe que seu futuro depende da direção melhor ou pior que der ao presente. A certeza de reencontrar os amigos depois da morte, de continuar as relações que teve na terra, de não perder o fruto de nenhum trabalho, de crescer incessantemente em inteligência e em perfeição, dá-lhe a paciência de esperar, e a coragem de suportar as fadigas momentâneas da vida terrestre. A solidariedade que ele vê se estabelecer entre os mortos e os vivos faz-lhe compreender aquela que deve existir entre os vivos; a fraternidade tem assim sua razão de ser e a caridade um objetivo no presente e no futuro.

Podemos simplesmente passar por Brumadinho MG, como mais um acidente do homem e sua ganância material, ou tirarmos aprendizado da dor destes amigos, que se foram, outros que ainda lutam para ir, ou ficar, e fazer nossa parte.

Procurar agora trazer psicografias, relatos, a longa distância, comparações, não irá ajudar nossos amigos, que partiram, nem seus familiares, é hora apenas de aceitar a morte com sua naturalidade, e rezar pelos irmãos, e para a espiritualidade a fim de que de fato possamos corrigir, sim corrigir erros, pois energias negativas geradas por nós encarnados, criam no ambiente que vivemos a zona do desconforto, e da espiritualidade menos esclarecida, o mal gera o mal, por isto Jesus, sempre dizia, vigia seus pensamentos.,
Por este momento apenas rezem, mandem boas energias, é o que podemos fazer de longe, e os que estão mais perto e podem ajudar que o façam.

O medo é natural em todos, afinal estamos construindo no planeta uma grande barragem, de energias negativas, maus pensamentos, e com isto devemos nos preocupar, porque o vento que bate em Brumadinho, é o mesmo que bate agora onde você está.

Oremos.


This post first appeared on Divulgação Do Espiritismo, please read the originial post: here

Share the post

BRUMADINHO MG, É HORA DE SER ESPÍRITA - POR DAVID CHINAGLIA

×

Subscribe to Divulgação Do Espiritismo

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×