Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Natal: Deus Falando Conosco



“Deus tem nos falado através do Filho” (Hebreus 1.1-3)
            Um Deus silencioso é um Deus desconhecido. Uma das coisas mais extraordinárias de toda Bíblia é que Deus tem prazer em falar com o ser humano, seja homem ou mulher, jovem ou velho, judeus ou não judeus.
            No princípio Deus fala e as coisas acontecem. Depois de ter criado todas as coisas, Deus criou o ser humano à sua imagem e semelhança, homem e mulher, distinguindo-os de tudo que havia sido criado anteriormente. É essa característica peculiar que capacita o ser humano se comunicar com Deus. Antes da entrada do pecado, ao entardecer, que demarca a viração do dia judaico, Deus vinha ao Jardim para conversar/dialogar com Adão e Eva. Era um momento de comunhão e compartilhamento. Mas no capítulo três de Gênesis temos o momento em que o ser humano escolheu romper o dialogo com seu Criador e a partir de então, totalmente desfigurado de sua imagem e semelhança com Deus, o ser humano se afasta cada vez mais – e nesse afastamento, sem dialogar com Deus, o ser humano se desfigura, se corrompe e se deprava cada vez mais, até não sobrar mais nenhum vestígio de sua semelhança com Deus.
            Mas o escritor de Hebreus nos lembra que em nenhum momento Deus deixou de falar com o ser humano – falou de diversas maneira e de muitas formas, entre as quais enviando Seus profetas como Sua boca e voz. Mas isso ainda não era suficiente para trazer o ser humano decaído à uma comunhão prazerosa como no princípio. Então finalmente Deus falou de forma plena e definitiva, enviando seu unigênito Filho – “agora, hoje, nestes últimos dias Deus nos fala por meio de Seu Filho amado”.
            A beleza incomparável do Natal está contida nesta verdade inimaginável de que o Deus Eterno tem prazer em falar com pecadores como nós. Não porque desejássemos dialogar com ele; não porque sentíamos falta de ouvir Sua voz; não porque estivéssemos interessados no que Deus tinha a nos dizer – mas unicamente porque Deus nunca desistiu de falar conosco.
            O natal é Deus falando, não para nos condenar, mas para nos salvar. Nesse tempo da graça Deus fala amorosamente. Ele quer comunicar-nos Seu imensurável amor. Para isso Deus foi às últimas consequências e enviou seu Filho ao mundo; e o Filho fala das coisas do Pai, pois ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e a quem Ele desejar revelar. Jesus Cristo é o Filho do amor falado, declarado, escancarado Deus; é o amor manifestado de forma indescritível na Cruz do Calvário. A maior e mais impressionante rede de comunicação do universo é estabelecida a partir da Cruz – é na Cruz que Deus restabelece a Sua comunicação conosco, de maneira que pela Cruz podemos novamente ouvir a voz de Deus; somente pela Cruz se estabelece novamente o dialogo de Deus e o ser humano.
            Mas antes da Páscoa tem que haver o Natal! Se na cruz e ressurreição temos a reconciliação do pecador com Deus, o Natal é o princípio desta conclusão, pré-anunciada desde o primeiro dia da queda: “o descendente da mulher ... pisara a cabeça da serpente”. Todo o Primeiro Testamento fala da vinda desta criança ao mundo – o Natal é a concretização de toda profecia por séculos reiterados. Sem Natal não há Páscoa e sem Páscoa não há salvação! Sem Natal não poderíamos ouvir claramente a voz de Deus – permaneceríamos no silêncio da ignorância e morreríamos em nossos delitos e pecados.
            Em nenhum momento Deus deixou de falar, mas somente no Filho podemos ouvir as doces e maravilhosas palavras de perdão, restauração, reconciliação e salvação – “Deus nestes últimos dias nos tem falado por meio de Seu Filho”. Esta é a grande mensagem do Natal – Deus está falando conosco. Deus não nos fala de forma intangível e invisível, mas Jesus assume a plenitude de nossa humanidade (nascido de uma mulher, nascido em carne); Deus em seu Filho se fez gente e habitou entre nós de maneira que olhos humanos puderam ver sua glória, como do unigênito do Pai. Essa revelação plena de Deus se inicia no Natal e se conclui na Páscoa.
            Mas Jesus Cristo não apenas comunicou a mensagem do Pai, mas Ele mesmo torna-se a mensagem viva de Deus. Tudo quanto Deus é, Seus pensamentos, conselhos, promessas, dons, podem ser encontrados na pessoa de Jesus – o dom inefável de Deus. Somente em Jesus podemos encontrar o Caminho seguro de volta à casa do Pai. Seu nascimento, seu caráter, seus milagres, seus ensinos, sua morte – é Deus falando por meio de Jesus. Sua ressurreição é o grande grito da vitória: Onde está ó morte teus agrilhoes! Onde está ó morte a sua vitória!
            O Natal é Deus nos falando pelo Filho não como um “juiz”, ainda que Ele o seja e voltará para julgar vivos e mortos; não como um “mestre”, ainda que nunca alguém ensinasse com tanta autoridade as coisas de Deus; mas como “um Salvador, que é o Cristo, o Senhor” (Lc 2.11). O Natal é as Boas Novas (Evangelho) da Salvação, para o maior pecador! "O Filho do homem veio buscar e salvar o que está perdido" (Lc 19.10); "Vinde a mim todo aquele que trabalha e está sobrecarregado, e eu lhe darei descanso" (Mt 11.28). Jesus fala de tal maneira que o maior pecador sente-se atraído para Ele; Jesus fala de forma tão amorosa e graciosa que os mais simples o compreende; Jesus fala com tanto poder que o coração mais endurecido é quebrantado.
            O verdadeiro Natal é Deus falando, comunicando a Si mesmo no e pelo Filho Jesus Cristo. O Natal revela o imensurável amor de Deus pelo ser humano. Mas o Natal somente tem sentido quando conseguimos ouvir a voz amorosa e salvadora de Deus em Cristo Jesus nosso Senhor.



Utilização livre desde que citando a fonte
Guedes, Ivan Pereira
Mestre em Ciências da Religião.
Outro Blog
http://historiologiaprotestante.blogspot.com.br/


Artigos Relacionados
Natal e a Plenitude dos Tempos
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/natal-e-plenitude-dos-tempos.html
A Manifestação da Humanidade de Jesus (natal)
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/a-manifestacao-da-humanidade-de-jesus.html
Natal no Evangelho Segundo João: Tudo foi feito por Jesus
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/natal-no-evangelho-segundo-joao-tudo.html
Maria e Isabel: Um Encontro Harmonioso entre o Antigo e o Novo Testamento (natal)
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/maria-e-isabel-um-encontro-harmonioso.html
Quando o Natal foi Comemorado em 25 de dezembro?
http://reflexaoipg.blogspot.com/2016/12/quando-o-natal-foi-comemorado-em-25-de.html?spref=tw
Natal: Relatos Evangélicos do Nascimento de Jesus
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/natal-relatos-evangelicos-do-nascimento.html
Natal: O Nome de Jesus - Conselheiro (Isaías 9.6)
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/natal-o-nome-de-jesus-conselheiro.html
Natal: Entre o Natal e a Páscoa há uma Cruz (Reflexão)
http://reflexaoipg.blogspot.com/2018/10/natal-entre-o-natal-e-pascoa-ha-uma.html



This post first appeared on Reflexão Bíblica, please read the originial post: here

Share the post

Natal: Deus Falando Conosco

×

Subscribe to Reflexão Bíblica

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×