Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Há cada mistério!

Refreadas as chuvas, as madrugadas cheiravam a névoa e deixavam-se ilustrar pelo sincelo pendurado das árvores e dos beirais. O frio imperava embora houvesse quem, indiferente ao tempo, perfurasse as manhãs a caminho do ganha-pão. O anoitecer congelava barulhos e avultava silêncios. O sol, agigantado e vermelhão, deixava-se cair por trás dos montes sem calor […]



This post first appeared on Capeia Arraiana, please read the originial post: here

Share the post

Há cada mistério!

×

Subscribe to Capeia Arraiana

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×