Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Caroço de abacate vira talher biodegradável no México

O México é responsável por 50% da produção de Abacate no mundo e foi no país que uma empresa desenvolveu uma forma de utilizar a fruta de maneira mais consciente. Consumidor Moderno

A iniciativa da empresa mexicana é a redução da poluição plástica nos ecossistemas, inclusive em oceanos. A composição vegetal dos produtos pode biodegradar quando enterrada no subsolo ou dentro do depósito de lixo.

Os microplásticos são responsáveis por grande parte da poluição dos oceanos e pela contaminação da vida marinha e da vida terrestre.
Outros estudos indicam ainda que a inalação desses microplásticos — que têm produtos químicos em sua composição —, pode levar à irritação respiratória, inflamação, fibrose e até mesmo câncer de pulmão, devido a vida prolongada do material no organismo. Apenas 20% de todo o plástico produzido no planeta é reciclado. No Brasil, a reutilização não passa de 2%. Jade Gonçalves Castilho Leite

Folhas de árvores podem virar pratos, amido de inhame é usado para criar canudos e banana verde se transforma em diversos tipos de recipientes ecológicos. Marcia Sousa – Ciclo Verde

A BioFase coleta sementes de abacate de empresas que processam abacates para fazer guacamole ou óleo. A empresa mexicana BioFase está apostando em um subproduto bastante conhecido: o caroço de abacate.

Talheres e canudos fabricados pela companhia têm a matéria-prima ecológica em 60% de suas composições e outros 40% são formados por compostos orgânicos sintéticos. O produto final promete ser adequado para comidas quentes e frias, além de ser forte o suficiente para não dobrar.. Quando mantido em local fresco e seco, os talheres são utilizáveis por até um ano. Daí, quando o descarte for inevitável, basta enterrá-los no solo que eles se degradam em 240 dias.

Avocaze-se: SANDUÍCHES SEM PÃO, Conheça 13 maneiras de reaproveitar sobras e cascas de frutas e vegetais, Comer faz bem, Plástico Pena, China e 11 milhões de plásticos, Tapetes do fundo do mar e reflexão sobre preservação dos oceanos, A culpa das velhas plásticas



This post first appeared on Relatório Figueiredo | Um Canceriano Sem Lar., please read the originial post: here

Share the post

Caroço de abacate vira talher biodegradável no México

×

Subscribe to Relatório Figueiredo | Um Canceriano Sem Lar.

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×