Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Anemia na gestação: como tratar e prevenir o problema

Você sabia que durante a gestação a mulher deve ingerir quase o dobro da quantidade de ferro de que precisa normalmente? Que o ácido fólico (vitamina B9) deve ser consumido adequadamente para não comprometer a saúde do bebê? E que isso também vale para outras vitaminas, como a B12? O grande problema é que nem sempre essa quantia é suprida e, nesse caso, a mulher pode desenvolver anemia na gestação. A seguir, você confere como reconhecer os sintomas, tratar e prevenir. Vem ver!

Imagem: 123RF

Por que a anemia na gestação ocorre?

A Anemia na gestação geralmente é caracterizada pela deficiência de ferro no organismo (nesse caso é chamada de ferropriva). O problema da falta do nutriente é que ele entra na composição das hemoglobinas que, por sua vez, têm a função de levar oxigênio às células. Além disso, o ferro reforça a imunidade e é importante para as funções cognitivas do recém-nascido – daí sua relevância maior durante a gravidez.

Lembra-se das vitaminas B9 e B12 mencionadas no início do post? Elas também ajudam na produção de hemoglobinas. O ácido fólico, ainda, é essencial para a formação do sistema nervoso do bebê (não à toa o ácido fólico é a principal vitamina aliada das futuras mamães).

Por serem tão importantes, se algum desses nutrientes falta, o organismo vai buscá-los nas próprias reservas – e, portanto, a mulher pode sofrer com anemia na gestação.

Quais os sintomas da anemia na gestação?

Entre os principais sintomas do problema estão palidez, falta de apetite, sensação de cansaço extremo, sono excessivo, apatia e ainda branqueamento de outras regiões do corpo, como as gengivas.

Mas a condição pode também não demonstrar sinais perceptíveis pela gestante. Por isso é importante fazer um bom acompanhamento pré-natal para estar com os exames em dia, pois eles podem acusar algum tipo de deficiência nutricional. O quadro é comprovado por meio de exame de sangue.

Como tratar e prevenir a anemia na gestação?

O primeiro passo para tratar e prevenir a anemia na gestação é fazer uma adequação na alimentação. A gestante deve priorizar a ingestão de alimentos ricos em ferro (como feijão, verduras verde-escuras e carnes vermelhas) e, também, evitar o consumo de ingredientes que atrapalhem a absorção do nutriente, caso daqueles que contêm cafeína (café) e cálcio (leite e derivados). Por outro lado, a ingestão de vitamina C é ainda mais importante, porque ela ajuda na absorção do ferro (ingerir uma fruta ácida, como laranja ou mexerica, após as refeições é uma alternativa útil).

Já se a anemia for decorrente da carência de outro nutriente, daí será necessário aumentar o consumo de alimentos ricos na substância. A boa notícia é que o ácido fólico, por exemplo, pode ser encontrado nas frutas cítricas e na carne vermelha também, o que é mais um motivo para comê-las! Ele ainda está presente em vegetais como lentilha, brócolis e milho.

Durante o tratamento, o acompanhamento médico é fundamental, pois também é necessário ingerir suplementos prescritos pelo profissional. E, em casos mais graves, pode ser preciso até mesmo fazer uma transfusão sanguínea antes do parto.

Vale lembrar ainda que a anemia na gestação é comum e, geralmente, não resulta em problemas ao bebê ou no parto. A dica é cuidar da alimentação e manter o pré-natal em dia, para não correr maiores riscos!

O post Anemia na gestação: como tratar e prevenir o problema apareceu primeiro em ᐅ Mil dicas de mãe.



This post first appeared on Mil Dicas De Mãe, please read the originial post: here

Share the post

Anemia na gestação: como tratar e prevenir o problema

×

Subscribe to Mil Dicas De Mãe

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×