Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Aprendendo a torcer pelo Galo





Em momentos como o de hoje, muitos irão aprender a torcer para o Atlético Mineiro. Torcemos contra o vento, mas torcemos também contra as palavras faladas na emoção, sem ponderação. Torcemos Pelo Galo nas vitórias e nas derrotas. O Campeonato Brasileiro vem aí e o time precisa de apoio total da Massa. É um título que queremos há 44 anos. Com nosso apoio ele virá. Não temos um elenco composto apenas por Pelés. Mas temos grandes jogadores que nos proporcionaram os maiores títulos de nossa história. Como Luan, Jô, Victor, Ronaldinho Gaúcho, Marques, Guilherme, Cerezo, Kafunga, Dadá Maravilha, Dátolo, Guará, Réver, Mario de Castro, Rei, nosso eterno Rei. O mínimo a se fazer é louvar suas conquistas. E claro, cobrar, como torcedor inteligente, da melhor forma possível: marcando presença na arquibancada e torcendo, levantando a moral de nossos jogadores e gerando tremor em quem vir nos enfrentar. Nossa torcida é famosa no mundo todo, não pelas atitudes de Maria. Largar o time em uma derrota e só voltar depois de 3 boas partidas. Isso não. Jamais. Nossa torcida mais antiga, a que torceu pelo Galo em inúmeros campeonatos perdidos e soube comemorar como ninguém, já sabe o que é Torcer Pelo Galo. Outros muitos aprenderam hoje. Não aprenderam nas conquistas. Aquilo foi somente a coroação de tantos anos de dedicação. Vaia no estádio é absolutamente inaceitável. Quer ajudar um jogador a se recuperar no elenco? Envie um e-mail a ele, uma mensagem inteligente nas redes sociais, com uma análise realista, mas respeitosa. É a única forma que você mostrará o verdadeiro grandioso torcedor que é, parte integrante da magia da Massa. E claro, compareça ao estádio nas partidas de meio de tabela, contra uma Chapecoense, da mesma forma que comparece depois de vitórias consecutivas. Afinal, elas só chegam com seu apoio fundamental nas derrotas. O grito que empurra o adversário pra fora do estádio e levanta nosso time. Aqui é Galo, sempre, acreditando. E apoiando. De verdade.


This post first appeared on Fred Neumann, please read the originial post: here

Share the post

Aprendendo a torcer pelo Galo

×

Subscribe to Fred Neumann

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×