Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Primeiras impressões de Dublin

Chegamos já faz um mês em Dublin e temos algumas experiências engraçadas e outras nem tanto para dividir com vocês.

Após passarmos exatamente 24h (sim, VINTE E QUATRO HORAS) entre conexões, esperas e vôos, finalmente chegamos em Dublin. Foi super cansativo, tivemos que trocar de avião três vezes e não conseguimos dormir nada durante esse percurso. Confesso para vocês que a única parte boa dessas 24h foi quando chegamos em São Paulo (Guarulhos) e conseguimos descansar e comer algumas coisinhas gostosas na sala da MasterCard Black. Em Amsterdam conseguimos ficar na sala Aspire Lounge, pela LoungeKey.

Já nos segue no Instagram? Lá mostramos nosso dia a dia aqui em Dublin e outras cidades da Europa!

Assim que chegamos em Dublin, já sentimos o vento congelante. O Hick trouxe roupas e casacos adequados para o frio daqui, mas eu tive que ir comprar um casaco pesado. Nossa dica é: antes de virem para cá tragam um casaco pesado e quentinho para não sair alok para comprar um como eu.

Pegamos um ônibus no aeroporto (sim, com 3 malas e duas mochilas gigantescas) e foi nossa melhor escolha, pois pagamos cerca 7 euros/cada pela passagem. O ônibus realmente comportou todas nossas malas e achamos que valeu super a pena, pois tinha vários espaços para guardar as malas e não atrapalhar ninguém dentro do ônibus. Aliás, se você comprar a passagem online ganha 1 euro de desconto.

Além disso, viemos para a Europa só pra passar vergonha. Viajar? Não. Melhorar o inglês? Não. Viemos para passar vergonha. Vamos fazer um post só com os nossos perrengues e vergonhas que passamos por aqui. Juro que vocês vão se divertir

Pedimos para o ônibus parar e eu bem dona de mim entrei com as minhas malas no ônibus e o motorista logo começou a gritar: “NO NO NOOOOO!” e ficava apontando para a porta. Descemos e logo entendemos o que estava acontecendo. Aqui temos que esperar todo mundo descer do ônibus de entrar, já que a entrada e saída é pela mesma porta. Minha cara ficou, ó, maravilhosa.

Os nossos hosts do AirBnB foram super gentis e queridos conosco. Nos indicaram vários lugares para fazer compras, onde comer etc. Adoramos a experiência e dividir a casa foi super tranquilo. Nós ficamos em um quarto com suíte, então tivemos total privacidade, mas claro que escolhemos o SuperHost, já que essa foi nossa primeira vez no AirBnB.

Leia também ver as cidades mais seguras para mulheres viajarem sozinhas!

No geral, a cidade é muito bacana e os Irlandeses são pessoas muito amigáveis. Muito solicitos, sempre respondiam nossas perguntas com um sorriso no rosto e um sorry no final das frases. Os pubs realmente são muito bacanas e as pints, no geral, são baratas.

É possível comprar roupas MUITO baratas e é o paraíso para quem ama maquiagem. Para quem vem comprar eletrônicos, acredito que não seja tão mais barato assim. Tem que pesquisar bastante. Estamos loucos para renovar nosso equipamento fotográfico e ainda não encontramos bons preços por aqui, mas isso porque não procuramos muito.

O post Primeiras impressões de Dublin apareceu primeiro em Two In Trip - Nômades Digitais Brasileiros.



This post first appeared on Two In Trip - We Are Not Mad, Just Nomad, please read the originial post: here

Share the post

Primeiras impressões de Dublin

×

Subscribe to Two In Trip - We Are Not Mad, Just Nomad

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×