Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Fator Qualidade e o Faturamento Médico

 Fator qualidade é o percentual aplicado ao índice de reajuste anual, desde que o prestador cumpra alguns requisitos.

Fator Qualidade.

O FQ incide sobre o IPCA, que é aplicável aos contratos entre os prestadores de serviços e as operadoras de planos de saúde na seguintes situações:

1 - Quando há previsão de livre negociação entre as partes, como única forma de reajuste; e
2 - Quando não há acordo após a negociação, nos primeiros noventa dias do ano.

faturamento medico
Ao todo, são 3 níveis principais de Fator Qualidade (A,B e C) e para cada nível há um percentual pré estabelecido.

Nível A - 115% do IPCA

Nível B - 110% do IPCA

Nível C - 105% do IPCA

A seguir vamos ver os requisitos de cada nível.

Fator Qualidade - Nível A.

Hospitais, Hospitais-dia, SADT, Clínicas de SADT e Home Care precisam ter Certificado de Acreditação Nível Máximo, Núcleo de segurança do paciente cadastrado na ANVISA com Pelo Menos uma notificação via NOTIVISA a cada trimentre no último ano e pelo menos 75% das guias enviadas à operadora de saúde no formato eletrônico e no padrão tiss vigente.

As Clínicas devem Possuir 80% ou mais de profissionais de saúde com uma ou mais titulações na área de saúde (Residência, Título de Especialista outorgado pela sociedade de especialidade e/ou Conselho Profissional da categoria, Pós-graduação Stricto Senso)

Além disso, as clínicas devem optar por Possuir 80% ou mais de profissionais de saúde que tenham Realizado Pelo Menos uma capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 80 horas por ano-calendário ou A Pessoa Jurídica possuir Acreditação e/ou Certificação (que englobe todo o escopo da assistência).

Já os profissionais de saúde em consultório particular, devem Possuir ao menos uma titulação comprovada na área de saúde (residência, título de especialista outorgado pela sociedade de especialidade e/ou Conselho Profissional da categoria, Pós-graduação Stricto Senso) e Ter realizado pelo menos uma capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 80 horas por ano calendário.

Fator Qualidade - Nível B.

Os hospitais e hospitais dia devem possuir Certificação (que englobe todo o escopo da assistência), Núcleo de Segurança do Paciente cadastrado na ANVISA e ter realizado pelo menos uma notificação via NOTIVISA a cada trimestre, no último ano e Possuir, ao menos, 75% das guias envidadas pelo prestador de serviço de saúde à operadora de plano privado de assistência à saúde no formato eletrônico da(s) versão(ões) vigentes do Padrão TISS no ano-base calendário.

Os SADT´s, clínicas de SADT e Home Care devem possuir Certificação (que englobe todo o escopo da assistência), Núcleo de Segurança do Paciente cadastrado na ANVISA e ter realizado pelo menos uma notificação via NOTIVISA a cada trimestre, no último ano (exceto para laboratórios de análises clínicas, laboratórios de patologia clínica e serviços de atenção domiciliar e Possuir, ao menos, 75% das guias envidadas pelo prestador de serviço de saúde à operadora de plano privado de assistência à saúde no formato eletrônico da(s) versão(ões) vigentes do Padrão TISS no ano-base calendário.

Leia também:
Aspectos do Faturamento
Planejando o Faturamento
Organizando o Faturamento

As clínicas devem Possuir 60% ou mais de profissionais de saúde com uma ou mais titulações na área de saúde (Residência, Título de Especialista outorgado pela sociedade de especialidade e/ou Conselho Profissional da categoria, Pós-graduação Stricto Senso) e Possuir 60% ou mais de profissionais de saúde que tenham realizado pelo menos uma capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 40 horas ano-calendário.

Os profissionais de saúde em consultórios individuais precisam ter  ao menos uma titulação comprovada na área de saúde (residência, título de especialista outorgado pela sociedade de especialidade e/ou Conselho Profissional da categoria, Pósgraduação Stricto Senso) e Ter realizado pelo menos uma capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 40 horas por anocalendário.

Fator Qualidade - Nível C

Os hospitais e hospitais dia, devem Núcleo de Segurança do Paciente cadastrado na ANVISA e ter realizado pelo menos uma notificação via NOTIVISA a cada trimestre, no último ano.

Além disso, devem optar por Possuir, ao menos, 75% das guias envidadas pelo prestador de serviço de saúde à operadora de plano privado de assistência à saúde no formato eletrônico da(s) versão(ões) vigentes do Padrão TISS no ano-base calendário ou Participação em um dos projetos de indução à qualidade da DIDES/ANS, quando couber.

SADt´s, Clínicas de SADT e Home Care precisam ter Núcleo de Segurança do Paciente cadastrado na ANVISA e ter realizado pelo menos uma notificação via NOTIVISA a cada trimestre, no último ano (exceto para laboratórios de análises clínicas, laboratórios de patologia clínica e serviços de atenção domiciliar), e optar por Possuir, ao menos, 75% das guias envidadas pelo prestador de serviço de saúde à operadora de plano privado de assistência à saúde no formato eletrônico da(s) versão(ões) vigentes do Padrão TISS no ano-base calendário ou Participação em um dos projetos de indução à qualidade da DIDES/ANS, quando couber.

As clínicas devem Possuir 60% ou mais de profissionais de saúde que tenham realizado capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 40h por ano calendário.

Os profissionais de saúde que atendem em consultórios particulares precisam ter realizado pelo menos uma capacitação em cursos na área de saúde, de no mínimo 40 horas por ano-calendário.

Você pode entrar essas e outras informações no site da ANS.

Leia também:
Aspectos do Faturamento
Planejando o Faturamento
Organizando o Faturamento


#faturamentomedico


This post first appeared on Portal Do Faturamento Hospitalar, please read the originial post: here

Share the post

Fator Qualidade e o Faturamento Médico

×

Subscribe to Portal Do Faturamento Hospitalar

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×