Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Conteúdos em SEO: Fator de sucesso nos rankings

O conteúdo é rei. No que toca ao sucesso em SEO, irá ouvir esta frase muitas vezes. Um dos primeiros elementos que teremos que ter em conta no sucesso em SEO, são os conteúdos de qualidade.

Ao criar os conteúdos certos, está a criar uma fundação sólida para suportar todos os seus esforços de SEO.

Relacao SEO e Conteudos
Exemplo breve sobre a relação de boas práticas de SEO e boas práticas de conteúdos, e como as duas resultam nos resultados que pretende.

Neste artigo vamos abordar tópicos como a qualidade, a Pesquisa de palavras chave, o uso das palavras chave e os tipos de pesquisa, de forma a providenciá-lo com uma noção geral da corelação entre a sua produção de conteúdos e os seus esforços de SEO – ou seja, como criar conteúdos «para» SEO.

Conteúdos de qualidade

Mais do que qualquer outra coisa, está a produzir conteúdos de qualidade? Se está a vender algo, está a ir para além da simples brochura com a mesma informação que pode ser encontrada em centenas de outros sites?

Providencia uma razão para as pessoas passarem mais do que uns segundos a ler as suas páginas?

Oferece valor real, algo de substância para os visitantes que é único, diferente e útil, algo que não irão encontrar em mais nenhum lugar?

Estas são apenas algumas das questões para perguntar a si mesmo no processo de decisão de se está a providenciar conteúdos de qualidade ou não. Não ignore ou despache este processo. Ele será o pilar central em que todos os outros fatores dependem.

Pesquisa de conteúdos & pesquisa de palavras chave (Keywords)

Provavelmente o fator mais importante logo a seguir ao conteúdo de qualidade, uma boa pesquisa de palavras chave faz toda a diferença, e é essencial. Irá querer criar conteúdos usando essas palavras chave, os termos reais que as pessoas usam ao pesquisar, para que consiga produzir conteúdos que respondem a essas pesquisas.

Por exemplo, uma página sobre «Evitar Melanoma» talvez use jargão técnico para descrever maneiras de evitar cancro da pele. Mas o motor de pesquisa poderá evitar essas páginas, ou ignorá-las por completo, porque as pessoas muito provavelmente pesquisam em maiores números «dicas para prevenção de cancro da pele». O seu conteúdo necessita de estar escrito na linguagem certa – a linguagem que os seus clientes ou usuários estão a usar para pesquisar.

Palavras de conteúdos & uso de palavras chave

Depois de fazer a sua pesquisa de palavras chave, terá que as usar nos conteúdos em si. Ou se já tiver criado alguns conteúdos de qualidade antes de fazer a pesquisa, revisite esse material e proceda à edição do mesmo.

No fundo, se está a tentar que as suas páginas sejam encontradas através de certas palavras, é importante que as use nos conteúdos.

Frequência de uso de palavras chave

Evite as dicas de densidade de palavras, como p.e. 2.35 ou qualquer outro número. Não há um número exato, como quatro ou cinco vezes por artigo, p.e.

O termo «densidade de palavras chave» pode soar bem, mas não garante absolutamente nada.

No que toca à frequência de uso, use o seu senso comum. Pense nas palavras pelas quais quer que a sua página seja encontrada, e nas palavras que sente serem relevantes na pesquisa que fez. Depois use-as de forma natural na sua página.

«Frescura» dos conteúdos

Os motores de pesquisa adoram conteúdo novo. É usualmente isso a que nos referimos quando falamos de «frescura».

Não pode atualizar as suas páginas (ou data de publicação) todos os dias e pensar que isso as torna «frescas» e mais passíveis de terem boas posições. E também não pode adicionar novas páginas constantemente, só para ter novas páginas, e pensar que isso lhe dá um empurrão na frescura.

Apesar disto, a Google tem algo chamado «Query Deserved Freshness (QDF).» Se existe um termo de pesquisa que é subitamente mais popular vs a sua atividade normal, a Google aplica o QDF a esse termo e procura para ver se existem conteúdos frescos quanto a esse tópico. Se existirem, esses conteúdos novos e frescos são puxados para cima nas SERPs (Search Engine Result Pages).

Pense por exemplo no termo «Terramoto». Se não existir atividade sísmica, é muito provável que as SERPs contenham listas de atividades passadas, definições ou sites de referência. Mas se existir atividade sísmica recente, principalmente (mas não só) na sua região, os resultados irão mudar e irão refletir histórias, noticias e informações sobre essa mesma atividade sísmica recente.

Se tiver os conteúdos certos, no tópico certo quando o QDF é acionado, poderá estar nas primeiras páginas durante dias ou semanas. Claro que depois do acontecimento, poderá cair nos resultados novamente. Não que faça necessariamente algo de errado, apenas a frescura dos conteúdos torna-se, bem… não fresca.

Isto para dizer que os sites poderão tirar partido deste fator «frescura» para produzir conteúdos relevantes que vai de encontro com o pulso atual e em tempo real da sua indústria.

Pesquisa vertical

Neste artigo temos explorado alguns fatores para o sucesso dos conteúdos das páginas web nos motores de pesquisa. Mas lado-a-lado com estes fatores estão, muitas vezes, os resultados «verticais». Estes advêm dos motores de pesquisa «verticais» dedicados a coisas como imagens, notícias, local e vídeo. Se possui conteúdos nestas áreas, estarão mais propícios a aparecer em secções especiais da página de resultados de pesquisa.

Não está familiarizado com este termo? Podemos usar a Google como exemplo para explicar. O seu motor de pesquisa «normal» agrega conteúdos ao longo da web, na esperança de os corresponder com diversas pesquisar gerais num vasto número de tópicos. Isto é referido como pesquisa «horizontal», por o foco é numa variedade de tópicos.

No entanto a Google possui também motores de pesquisa especializados, que se focam em imagens, noticias, ou conteúdos locais. Estes são chamados de pesquisas «verticais» porque ao invés de cobrirem uma gama vasta de interesses, são focados num só segmento, uma fatia vertical do espectro geral de interesse.

Quando pesquisa na Google, irá obter listagens web. Mas irá também, muitas vezes, obter secções especiais nos resultados que irão mostrar resultados verticais, tomados como relevantes.

Ter conteúdos que têm boa performance na pesquisa vertical poderá ajudá-lo a ter sucesso quando os conteúdos da sua página web não têm. Poderão também ajudá-lo a ter sucesso para além de ter uma página web nos primeiros resultados.

Portanto, certifique-se de que está a produzir conteúdos que têm boa performance na pesquisa vertical, em áreas chave que sejam relevantes para si.

Respostas diretas

Os motores de pesquisa estão cada vez mais na procura de mostrar respostas diretas nos seus resultados. Questões como «porque é o céu azul» ou «que idade tem o presidente» poderão dar-lhe uma resposta sem que tenha que clicar numa página web.

Onde vão os motores de pesquisa buscar estas respostas? Muitas vezes por licença, tal como menus ou letras de música. Outras vezes, eles tiram-nas diretamente das páginas web, providenciando uma ligação direta como forma de crédito à informação.

Nesta área existe algum debate quanto ao quão positivo é para um site ter respostas diretas. Porque se alguém fica com a resposta que precisa, mas não clica para o site, onde é que está o sucesso?

No entanto, pode ser considerado um sucesso por duas razões principais. Primeiro, por ser um sinal de confiança, o que poderá ajudar o site a ter sucesso em outros tipos de pesquisas. Em segundo porque, apesar de haver preocupação e debate, existem algumas provas de que uma resposta direta consegue sim gerar tráfego.

Conclusão

O conteúdo é um dos aspetos mais importantes para os seus esforços de SEO. Os campos analisados em cima irão dão-lhe uma introdução holística para que tenha sucesso na criação dos seus e um plano de acção para criar ou revisitar conteúdos.

O marketing de conteúdos aqui relacionado com o marketing de pesquisa serão uma maneira excelente para providenciar crescimento ao seu negócio, e poderá contar com a Digicom para o apoiar em ambos os tipos de marketing.

Comece Marketing de Conteudos na sua empresa hoje - clique para mais informacao



This post first appeared on Digicom Suite, please read the originial post: here

Share the post

Conteúdos em SEO: Fator de sucesso nos rankings

×

Subscribe to Digicom Suite

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×