Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Termas dos Laranjais - Olímpia/SP

Tags: parque
Boa noite, Cuties!

Como foram de carnaval?
Muitas bolhas nos pés, muito suor e congestionamento?
Espero que não... Meu desejo é que o Carnaval de vcs tenha sido mais ou menos assim...



Porque ninguém merece gastar R$140,00 num pó da MAC para acabar com a cara escorrida nos primeiros 30 minutos de folia, né?

Assim, para fugir de todo este calor causticante do litoral, estivemos recentemente fazendo umas incursões pelo nossa adorado interior de São Paulo, atrás de sombra e champanhe fresca! Estou falando da cidade de Olimpia, com seu famoso Thermas dos Laranjais.

A ensolarada Olímpia fica à 30 minutos de São José do Rio Preto e à aproximadamente 6 horas viagem de São Paulo (450 km). A estrada é boa e bem tranquila. Mas tenha certeza de que viaja com combustível suficiente para chegar lá. Saindo da Rodovia Washington Luiz, você não encontra uma viva alma na estrada. Aliás, porque raios tem tão poucos postos de gasolina no interior de SP?




Se estiver mais distante, pode considerar vir de avião. O aeroporto de São José do Rio é atendido por diversas linhas aéreas e alguns hotéis oferecem transfer. 

Bem, a primeira vista, parece tudo meio confuso na internet porque você digita "Thermas de Olimpia/dos Laranjais" e uma profusão de hotéis com as mais variadas promoções aparecem. Então vamos tentar explicar tudo direitinho.

O Thermas dos Laranjais é um Parque que fica localizado na cidade de Olímpia. Não há hotel dentro dos limites do parque, mas há vários no entorno. Em geral, você consegue ir à pé. Mas considerando o sol e o cansaço, é melhor deixar o carro no estacionamento que é grátis. Para entrar você tem duas opções: pagar ou negociar. Se você não tem a menor intenção de comprar um inúmeros maravilhosos empreendimentos imobiliários da região  (que costumam trabalhar com o sistema time-sharing) e não tem paciência para papo de vendedor, você deverá comprar os ingressos normalmente. Nossas entradas foram adquiridas diretamente no hotel, com um pequeno desconto: R$ 58,00 (adultos) e $26,00 (crianças). Atualmente, não é possível a compra online. Para mais informações sobre o tarifário clique aqui. 




Porém, se você é guerreiro e suporta o blablablá interminável dos vendedores, que são loucos para te levar para dar uma voltinha pelos belíssimos "decorados", demonstre seu interesse e tente barganhar seu ingresso. Em geral, eles te oferecem um de cortesia, mas você consegue negociar outras entradas com vendedores mais afoitos.

Nossa estadia ocorreu durante o mês de janeiro, logo após o feriado da cidade de São Paulo. Em geral, não costuma ser a melhor época do ano para visitar o parque. Aos finais de semana ele fica muito cheio e há relatos desagradáveis de viroses. Por isso, escolhemos ir na quinta e sexta. Chegando bem cedo, você consegue pegar mesinhas e espreguiçadeiras deliciosas à beira de umas das inúmeras piscinas (são 50 atrações no total). Vale destacar que o lugar é o 5º maior parque de águas termais do mundo e tem capacidade para receber até 15 mil pessoas por dia. Veja algumas atrações:


  • Complexos de toboáguas
  • Pista de surfe (exclusivo no Brasil)
  • Piscina de ressurgência (única do mundo)
  • Piscinas de sonolências
  • Rio lento de corredeira e parque infantil

Foto by www.qualviagem.com.br


Se você está acostumado com parques aquáticos estrangeiros, cheios de protocolos de segurança, vai ficar um pouco assustado (e decepcionado) com algumas situações encontradas no parque. Nada de muito grave, mas é recomendável redobrar a atenção, principalmente se você estiver com crianças pequenas.

O lado bom é que, diferentemente, do padrão de preços dos demais parques, a alimentação não é cara e tem uma boa variedade de opções. Só não viaja, achando que vai achar quiosque gluten-free e sorvete sem lactose, tá? É a terra da boa e velha junk food.

Curtimos dois dias de parque aquático. Acredito que foi o ideal. Nos outros dias, permanecemos no hotel descansando e aproveitamos para conhecer um pouco mais sobre a cidade.

Hotéis

Como dissemos, Olímpia tem hotéis para vários gostos e bolsos. Escolhemos ficar no Celebration Resort, do grupo Hot Beach, por ser o mais novo da região. Fizemos a reserva pela própria página eletrônica do hotel, garantindo um preço mais baixo que de outros sites. A desvantagem é que você paga na hora da reserva e as condições de cancelamento não são tão favoráveis. A diária de um Apartamento Queen, para duas crianças e dois adultos, saiu por R$ 640,00 (meia-pensão). Fique atento às promoções: na ocasião reservamos três dias e ganhamos um.

Apartamento Queen.
Foto: Divulgação


O hotel é muito bom: três piscinas aquecidas (uma para crianças), academia patrocinada pela Reebok, super bem equipada (na verdade a melhor academia de hotel que já fui), quarto simples, mas muito bem decorado, com amenidades Natura e toalhas super cheirosas (rsrs). O café da manhã é bem completo e inclui vários tipos de cereais, iogurte, tapioca e frutas deliciosas. Fica pertinho do parque e você pode ir andando (uma caminhada de uns 10 minutos). 

Vista parcial do quarto


No entanto, ainda há vários pontos que necessitam de atenção: embora o atendimento seja ótimo, a equipe de diversão para os adultos não é a das mais animadas. Não há sala de jogos, apenas videogames e um fliperama, nem quadras poliesportivas. Os drinks não são bem preparados (não sabiam fazer uma simples Pina Colada) e desconfio da qualidade da vodka. O jantar não empolga, servindo apenas para matar a fome. Apesar destas pequenas frustrações, confesso que repetiria a dose se voltasse à Olímpia.

Alternativas ao Celebration incluem, por exemplo, o Royal Thermas Resort e Spa. O preço são semelhante (em media R$ 540,00), mas as instalações são bem mais antigas. O hotel, que é enorme em número de unidades e fica ao lado do parque, possui piscinas (inclusive coberta), academia, sauna, quadra de tênis, bilhar e spa. Para quem não pretende gastar muito, uma opção simpática é a Pousada Vitalis. Possui piscina, bilhar e parque para as crianças. A diária sai em média R$ 230,00. A desvantagem é que ele fica um pouco afastado do parque, o que não representa problema se você estiver de carro. Por fim, temos o aconchegante Thermas Park Resort & Spa, igualmente próximo ao parque. O paisagismo, a decoração elegante e os bucólicos chalés conferem ao local uma  atmosfera de total tranquilidade. Mas o clima de exclusividade tem seu preço: as diárias (mínimo duas) para quatro pessoas partem de R$ 1.200,00. 

Bem, estas foram nossas sugestões de verão. Abaixo, fiquem com mais algumas dicas simples, mas que evitam a fadiga no seu momento de relax. 

Beijos, Cuties!!


Dicas Práticas

  • No termas, escolha o locker azul, no meio do parque. Se você ficar com os primeiros, vai ficar cansado, toda vez que tiver que buscar alguma coisa no armário;
  • No hotel, prefira os quartos em andares baixos, com vista para piscina. O visual é bonito e você não passa raiva à espera do concorrido elevador, principalmente na hora do café da manhã;
  • Lembre-se de exigir uma pulseira de identificação aos insistentes vendedores do empreendimento imobilário, para demonstrar que você já foi abordado. Eles costumam ser muito irritantes, especialmente se acharem que você ainda não foi alvo de seus colegas de trabalho.








This post first appeared on Cult & Cutie, please read the originial post: here

Share the post

Termas dos Laranjais - Olímpia/SP

×

Subscribe to Cult & Cutie

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×