Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

5 filmes com grandes mulheres pra você se inspirar

Uma das coisas que me atraem nos filmes que escolho pra assistir, são personagens femininas fortes. Acho que toda Mulher é assim, mas se existir uma explicação, acho que é a família: na minha família existem mulheres de personalidade marcante, cheias de forças e infinitas fraquezas. Acabo tendo empatia por histórias assim.

Mas mais do que isso, eu gosto de pensar que filmes que se destacam por contar histórias de Grandes mulheres, geralmente trazem grandes atrizes. Você já reparou? Mulheres que admiramos, também fora dos holofotes. Que usam sua representatividade por aí, e fazem o mundo cada vez mais entender por que precisamos falar sobre igualdade de gênero. Porque nós somos tão capazes quanto, tão inteligentes quanto, tão competitivas quanto.

Que bom que estas histórias estão sendo contadas!!!

Pensando nisso, escolhi alguns filmes que me chamaram a atenção não apenas pela história que contam, mas também pelo trabalho das atrizes que interpretam o respectivo papel. Recomendo muito que vocês assistam, se inspirem, se encoragem, se reconheçam. 🙂

The Post – Meryl Streep

Não dá pra falar de grandes personagens femininas e de grandes atrizes sem falar dela!!! Todos os filmes com o jornalismo como tema central mexem muito comigo, mas este é muito especial porque era uma época em que a mulher era completamente desautorizada e subestimada; no entanto, foi justamente uma mulher quem teve coragem para fazer o que deveria ser feito e peitou cachorros grandes. Existe uma cena em que esta mulher, Esposa do falecido dono de um grande jornal estadunidense, recebe uma ligação – sendo que do outro lado da linha tem uns 10 caras escutando o que ela tinha a dizer, alguns pressionando de um lado, outros pressionando do outro – e nesta ligação ela precisava tomar uma decisão. O que é aquela cena??? Olhem bem dentro dos olhos desta mulher e depois venham aqui repetir comigo: foda foda foda.

(eu gosto quando MUITA COISA é dita no completo silêncio).

The Wife – Glenn Close

Muitas vezes não sei se esta mulher é uma atriz ou se é uma entidade! É fácil ser uma boa atriz quando existe um bom texto. Mas, e quando o texto é o silêncio? Essa mulher consegue transmitir, sem dizer uma palavra, todas as nuances de uma esposa que se reveza entre vários estados de espírito: o de esposa parceira e feliz, o de esposa frustrada, sufocando seus desejos, suas capacidades, sua independência, o de esposa humilhada… sem texto. E não é isso que acontece com as esposas, tantas vezes: a falta de uma voz? O foco no homem, no marido, no irmão, no pai? Não foi diferente, na história desta personagem. Ela não deu conta de fingir que não conhecia a própria força. E a força, às vezes, veste a roupa de sutileza. É ou não é uma inspiração?

The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon Prime Video) – Rachel Brosnan

Rachel é responsável por, talvez, 90% do sucesso que esta série faz. Assista e você vai entender porquê! Fun Fact: soube desta série porque minha irmã me recomendou que assistisse. Eu tinha acabado de me separar… nem dei bola. Fui assistí-la em um voo doméstico nos EUA, televisão local, vi praticamente a temporada toda! A velha história…. o foco – principalmente na época em que a história se passa – estava todo no homem. No marido. Quando ela tomou a palavra, roubou a cena. Por que a surpresa? É o que acontece, na maioria das vezes, quando descobrem que há vida inteligente naquela que coloca o vinho branco pra gelar.

Rainha de Katwe – Madina Nalwanga

Phiona é uma menina periférica, filha de mãe solteira, que vive em uma região pobre de Uganda – e inserida em um ambiente hostil e machista. Destaca-se por sua perspicácia, serenidade, autoconfiança e um talento natural pra jogar xadrez. Nem a própria mãe leva fé nesta aptidão, mas ela leva seu desejo de concorrer em campeonatos nacionais de xadrez até as últimas consequências. Além do talento natural da personagem com o xadrez, a própria atriz parece não fazer nenhum esforço para interpretar Phiona. Um filme prazeroso de se assistir, e que inspira em várias formas; pra ver e rever. Enquanto no Netflix há uma série sobre o tema fazendo bastante sucesso com uma protagonista branca, eu prefiro este aqui, cheio de representatividade e força.

Que Horas Ela Volta? – Camila Márdila

A “filha da empregada” conseguiu atingir um objetivo que o filho do patrão de sua mãe não conseguiu (e isso irritou muita gente… história conhecida? Pois é). Todo mundo esperava que o oposto acontecesse. O que me chamou a atenção é que no começo do filme a gente compra a ideia de que Jessica é uma menina ardilosa e arrogante, mas no fim das contas a gente entende que ela sempre acreditou aonde poderia chegar. Uma mulher que sabe onde quer chegar e confia em sua própria capacidade, senhoras e senhores, é um trator.

Eu sei que existem muitos filmes com figuras femininas fortes, mas procurei me ater aos que mais mexeram comigo, para a lista não ficar enorme ou interminável. Como autora que também sou, muito me alegra saber que todas estas personagens foram construídas em cima de forças e fraquezas, qualidades e defeitos, coragem e medo. Esta dualidade de nuances provavelmente é o que nos torna especiais. Nunca estamos saciadas: sempre haverá o que ir em busca.



This post first appeared on Lady Busy Bee, please read the originial post: here

Share the post

5 filmes com grandes mulheres pra você se inspirar

×

Subscribe to Lady Busy Bee

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×