Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

7 dicas preciosas para a prova de português do ENEM

Virando a noite para se preparar para o Enem? Como toda a prova, o Enem exige uma preparação contínua durante todo o ano. Para você que já estudou, confira mais essas 6 dicas para arrasar na prova de português do Enem.



1. Leia muito!
Para se preparar para o Enem, a leitura é fundamental. Leia muito e de tudo um pouco. De Machado de Assis a uma matéria de economia. Passe por diferentes gêneros textuais, mas não leia sem atenção. Preste atenção em todas as informações, na pontuação e, principalmente, tente entender o que o autor quer dizer, principalmente nas entrelinhas! Seja um leitor competente. Saiba como ler e interpretar textos aqui.

2. Preste atenção na linguagem não verbal!
Não leia apenas a linguagem verbal, mas também a não verbal. Aprenda a ler todos os gêneros textuais (gráficos, bulas, charges, tiras, cartuns, editoriais etc.). Atente também para o tipo de linguagem apresentado pelo texto e suas particularidades, por exemplo, em geral, as charges, tiras e cartuns são textos que utilizam a ironia, a ambiguidade, objetivando a crítica.

3. Conotação ou denotação?
É importante analisar também se o texto utiliza-se da linguagem denotativa ou conotativa. Dependendo da linguagem, a mensagem pode ser totalmente diferente. As palavras podem estar em seu sentido literal (denotação) ou figurativo (conotação). Não sabe o que é isso? Veja este post!

4. Compare!
A comparação entre textos ajuda, pois pontos de vistas serão confrontados. Cada argumento será construído de uma maneira, mas todo texto tem um assunto principal. Aprender a descobri-lo é muito importante, pois, na prova de redação, o tema vem a partir dos textos de apoio, ou seja, muitas vezes não está explícito e precisa ser entendido.

5. Gramática não é decoreba!
A gramática não é mais cobrada da forma que era antigamente, ou seja, descontextualizada. Hoje, ela sempre é abordada dentro do texto. Por exemplo, não basta conhecer todas as conjunções, é preciso entender os efeitos de sentido transmitidos por cada uma delas, por exemplo, de causa, de comparação, de explicação etc. Mas se quiser revisar, clique aqui.

6. Variação linguística
Outro fator bastante relevante que merece atenção dos candidatos é a variação linguística. Durante muito tempo, convencionou-se que determinada região era melhor que outra. Esse conceito não existe mais, pois, hoje, entende-se que uma variação não é nem melhor nem pior, apenas diferente. O Brasil é enorme, sendo impossível que haja uma uniformidade linguística. Ter isso em mente é fundamental para entender os textos.

Exemplos:
Em Goiás, estoura-se o balão; em Maceió, poca-se a bola.
Em São Paulo, não se consegue fazer algo, mas em Goiás não se dá conta de fazê-lo.
Em Curitiba, os piás dão um trabalho, já em Maceió são os pivetes; em São Paulo, os moleques; no Rio de Janeiro, os garotos; e em Goiás quem dá trabalho são os meninos.
Se você for ao Nordeste e pedir uma lapiseira, não se assuste se alguém te entregar um apontador. Também não se desespere se pedir um grafite e receber uma linda lapiseira.

7. Muita calma nessa hora...
A prova de português tem muitos textos. É preciso ler com bastante atenção. Nervoso, ninguém consegue se concentrar. Se sentir que está nervoso, pare, beba água e respire fundo. Recomece a prova. Boa sorte!



This post first appeared on Quem Tem Medo De Português?, please read the originial post: here

Share the post

7 dicas preciosas para a prova de português do ENEM

×

Subscribe to Quem Tem Medo De Português?

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×