Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Dona Lindu: mulher, guerreira, mãe. #LulaPeloBrasil

Em viagem ao Recife no projeto Lula Pelo Brasil, ex-presidente Lula visita parque que recebeu nome em homenagem a sua mãe, a pernambucana Dona Lindu
Como escreveu Euclides da Cunha, “o sertanejo é antes de tudo um forte”. Mas, neste caso, a sertaneja Eurídice Ferreira de Melo, a Dona Lindu, é mais do que forte. É guerreira, mulher, mãe, heroína.
Sua história se inicia no cenário desolador da seca no agreste pernambucano. Em 1952, após uma forte estiagem que castigou o estado, Dona Lindu e seus sete filhos deixam para trás a seca e a pobreza em busca de uma vida melhor, sem miséria e sem fome. Mais do que esperança, o que lhe movia era coragem.
Entre os filhos, com apenas sete anos, estaria o futuro presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. Sessenta e quatro anos depois, Lula volta mais uma vez ao seu estado natal, desta vez pelo projeto Lula Pelo Brasil. No Recife, Lula visitará o Museu Cais do Sertão, às 15h30 nesta quinta-feira (24). Na sexta-feira (25), o ex-presidente participará de ato com trabalhadores contra o desmonte, às 10h, em Ipojuca. Às 17h, ele estará em ato da Frente Brasil Popular, na Praça do Carmo. E no sábado, Lula voltará à Brasília Teimosa, a partir das 10h.
A passagem do ex-presidente pela capital pernambucana, nos dias 24 e 25 de agosto, faz parte do projeto Lula Pelo Brasil, que tem como objetivo conferir a realidade brasileira no contexto das grandes transformações pelas quais o País passou nos governos do PT.
A mulher Dona Lindu
Por 13 dias, Dona Lindu e a família atravessam o País em um caminhão de pau-de-arara, rumo ao ‘Sul Maravilha’. O destino final: Santos, no litoral paulista.
Lá, reencontra o marido, Aristides Inácio da Silva. Mas o reencontro não duraria muito. Em 1955, a sertaneja forte se impõe contra o marido agressor e sai de casa com os filhos.
A recusa de Dona Lindu a apanhar do marido marcará para sempre o pequeno Lula. Já na presidência da República, no início do seu primeiro mandato, em 2003, Lula cria a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), órgão essencial para a eliminação das desigualdades de gênero.
Três anos depois, sancionaria a Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006), uma histórica reinvindicação de movimentos feministas para a implementação de um instrumento legal que assegurasse direitos e a defesa de vítimas de violência doméstica e familiar.
Mas esta não seria a única influência de Dona Lindu no futuro presidente do Brasil. Analfabeta, a nordestina fazia questão que seus filhos estudassem. Mais tarde, incentivaria Lula a se inscrever no curso profissionalizante do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
Talvez por isso o filho da analfabeta Dona Lindu seja hoje o presidente que mais construiu universidades e escolas técnicas na história do Brasil. E que mais levou filhos de operários e empregadas domésticas aos bancos universitários.
Mas segundo o próprio Lula, o maior legado que recebeu de sua mãe, “que nasceu como morreu, analfabeta, foi o caráter”.
No Dia das Mães deste ano, o primeiro após perder sua companheira de vida, Dona Marisa, o ex-presidente Lula escreveu sobre o papel essencial da sua mãe em sua trajetória de vida até a Presidência da República.
“Se existiram duas pessoas absolutamente fundamentais para que eu pudesse me tornar o metalúrgico, o dirigente sindical e o presidente da República que fui, essas duas pessoas foram Dona Lindu, minha mãe, e Marisa, mãe dos meus filhos. Duas mulheres de luta que tinham em comum a garra e a fortaleza”.
Mais adiante, Lula lembra da lição de sua mãe: tem que teimar!
“Uma vez, logo após as eleições de 1998, eu estava em frangalhos depois de uma campanha muito cansativa que havia terminado com nossa terceira derrota, e Marisa veio me dar uma bronca. ‘Para com isso, Lula’, ela me disse. ‘Lembre-se da sua mãe. Tem que teimar!’ Marisa repetia uma frase de Dona Lindu. O que ela, Marisa, queria dizer, é que eu tinha de levantar a cabeça e seguir em frente. Dali a quatro anos voltaríamos mais fortes”.
O Parque Dona Lindu
Dona Lindu é realmente dessas heroínas que merecem mesmo todos os tributos.
Em deles aconteceu no estado onde nasceu. Em 2008, o então prefeito do Recife, capital de Pernambuco, João Paulo (PT), queria dar à cidade mais um parque e solicitou ao presidente Lula um terreno da aeronáutica, localizado à beira mar de Boa Viagem, bairro nobre do Recife.
Cedido o terreno, João Paulo resolveu prestar homenagem a Lula por meio de sua mãe e colocou o nome do parque de Dona Lindu.
Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, o Parque Dona Lindu ocupa uma área de 27 mil m², com 60% destinados à área verde.
O espaço conta com ciclovia, pistas para cooper e skate, quadra poliesportiva, playground, áreas para descanso e ginástica, além de teatro, pavilhão para exposições e restaurante.
A homenagem a Dona Lindu é, em última instância, uma homenagem a todas as mulheres nordestinas de fibra, que precisaram emigrar com a família em busca de novas oportunidades.
E lá, bem em frente ao parque, está Dona Lindu e seus filhos ainda crianças, em uma escultura feita pelo artista pernambucano Abelardo da Hora, intitulada Monumento aos Retirantes.
Lula pelo Brasil
A viagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos estados do Nordeste, entre agosto e setembro, é a primeira etapa de um projeto que deve alcançar todas as regiões do país nos meses seguintes.
O projeto Lula Pelo Brasil é uma iniciativa do PT com o objetivo de perscrutar a realidade brasileira, no contexto das grandes transformações pelas quais o país passou nos governos do PT e o deliberado desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social, que vem sendo operado pelo governo golpista nos últimos dois anos.
Por Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias


This post first appeared on Desabafo Brasil, please read the originial post: here

Share the post

Dona Lindu: mulher, guerreira, mãe. #LulaPeloBrasil

×

Subscribe to Desabafo Brasil

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×