Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Vereador diz que levou soco na cara e foi ameaçado de morte por sindicalista


O Vereador Sergio Bolzan, 55 anos, de Sidrolândia, distante 63 quilômetros de Campo Grande, registrou um boletim de ocorrência contra Eder Clemente de Souza, 34 anos, ex-tesoureiro do Sindaves (Sindicato dos Trabalhadores das Industrias de Carnes e Aves de Sidrolândia), no qual ele é presidente, por lesão corporal dolosa e ameça. Segundo o parlamentar, ele foi agredido com um soco no rosto e juras de morte.
Conforme registro policial, o vereador e a família participavam de um evento na Vila Tereré, na madrugada deste domingo (6), quando o Sindicalista 'de repente' e o agrediu com um soco na altura do nariz. Alterado, Eder ainda teria ameaçado Bolzan de morte.

O agressor teria sido contido por um cacique que participava da reunião, no salão de festas do bairro, e retirado do evento.
Ainda segundo o boletim de ocorrência, Eder fez parte do sindicato por 6 anos e foi desligado há 3 meses. A reportagem não conseguiu contato com nenhuma das duas partes. 
Bolzan desfiliou-se do PT em dezembro de 2015, e está sem partido no momento.


This post first appeared on RIOVERDEMS, please read the originial post: here

Share the post

Vereador diz que levou soco na cara e foi ameaçado de morte por sindicalista

×

Subscribe to Rioverdems

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×