Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Homem confere se vítima de homicídio é familiar e é torturado até a morte


Na madrugada deste domingo (6), por volta das 3 horas, Boa Ventura Segóvia, o 'Guena', de 52 anos, foi morto a golpes de pedras e paus em Caarapó, cidade distante 273 quilômetros da Capital. A vítima foi até o local de outro homicídio, em um clube da cidade, e voltava para casa quando foi atacada.

De acordo com o boletim de ocorrência, equipes da Polícia Militar foram acionadas para ir até o local onde Boa Ventura Havia Sido encontrado morto, vítima de espancamento. Os militares encontraram o homem sendo socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital São Mateus.
Segundo a polícia, testemunhas informaram que Boa Ventura Havia sido espancado por um grupo de pessoas, mas não souberam informar o motivo ou a quantidade de pessoas que estariam envolvidas. Alguns minutos depois os policiais foram informados que a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.
Conforme apurado pelo site Caarapó News, o homem de 52 anos havia ido até o local onde Claudio Luiz da Silva, de 39 anos, foi morto a tiros. Boa Ventura teria ido conferir se a vítima era familiar e, quando voltava para casa, foi seguido e atacado pelo grupo. Segundo a polícia, Jeferson Velasques dos Santos, de 19 anos, foi preso em flagrante.
O caso é tratado como homicídio qualificado com emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio insidioso.
Midiamaxnews


This post first appeared on RIOVERDEMS, please read the originial post: here

Share the post

Homem confere se vítima de homicídio é familiar e é torturado até a morte

×

Subscribe to Rioverdems

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×