Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Integrante do PPS regional, Luiza Ribeiro defende expulsão de vereador de Coxim

Foto: Reprodução/Facebook

A vereadora de Campo Grande, Luiza Ribeiro, que também é tesoureira do PPS em Mato Grosso do Sul, usou a palavra inadmissível nas Redes Sociais ao tomar conhecimento da prisão do Vereador de Coxim, Algemiro de Souza, acusado de ter agredido e ameaçado de morte sua esposa.
Por meio das redes sociais, Luiza escreveu: “Às providências do Diretório Estadual do PPS para, na minha opinião, expulsão. Aqui não cabe tolerância ao desrespeito e à violência, especialmente contra à mulher. Também requer imediata manifestação da Coordenação Estadual das Mulheres do PPS”.
Por telefone, o presidente regional do PPS, Milton Gomes Silveira, informou que o partido vai abrir um processo ético para avaliar a situação, que pode resultar na expulsão de Algemiro. Para tanto, o PPS deve se reunir ainda este mês. Segundo o presidente, o partido é um defensor dos direitos, principalmente das mulheres.
O vereador de Coxim foi preso nesta quarta-feira (10) depois que foi denunciado à Polícia Militar por agredir e ameaçar matar sua esposa, uma dona de casa de 41 anos. Conforme a delegada, o parlamentar só foi liberado depois de pagar fiança no valor de quatro salários mínimos. Mesmo com o valor pago, Algemiro vai responder por ameaça, vias de fato e violência doméstica.
Entenda o caso
Reportagen apurou que mensagens no celular da dona de casa teriam desencadeado a crise, que começou no dia anterior e se arrastou durante a noite, acabando em agressões, ameaças e prisão do autor.
A vítima teria relatado à polícia que Algemiro perdeu a cabeça, passou a agredi-la fisicamente apertando seu pescoço, dizendo que iria matá-la com uma barra de ferro e tomar seus filhos. Nesta quarta, acompanhado da esposa, o vereador teria procurado uma loja no centro para tentar ler as mensagens, mas ela conseguiu pegar o celular e jogou fora.
O casal voltou para casa e as discussões e ameaças recomeçaram, até que uma testemunha acionou a Polícia Militar. Ao tomarem conhecimento dos fatos, os militares apreenderam a barra de ferro, de aproximadamente 1,50 metros e encaminharam o vereador e a esposa para a delegacia de Polícia Civil.
Ediçãoms


This post first appeared on RIOVERDEMS, please read the originial post: here

Share the post

Integrante do PPS regional, Luiza Ribeiro defende expulsão de vereador de Coxim

×

Subscribe to Rioverdems

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×