Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Volkswagen produzirá caminhão elétrico em fábrica de Resende, no Rio

Volkswagen produzirá caminhão elétrico em fábrica de Resende, no Rio

Da Agência Ambiente Energia – A Volkswagen Caminhões e Ônibus apresentou nesta semana, na Alemanha, o protótipo do e-Delivery, caminhão elétrico que será produzido na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro.

O modelo de pequeno porte para entregas urbanas começará a ser testado no Brasil no próximo ano em serviços de distribuição, e a produção em linha de montagem deve começar em 2020. O e-Delivery é a versão “eco” do Delivery, um VUC (Veículo Urbano de Carga) já fabricado pela MAN. O novo caminhão estará disponível para transportar cargas de até 9 ou 11 toneladas, dependendo da versão. A produção integra o plano da divisão de caminhões da Volks no Brasil de investir R$ 1,5 bilhões em produtos e modernização até 2021.

Com motor elétrico WEG AL160, o e-Delivery entregará 80 kW (109 cv) de potência, com torque máximo de 493 Nm (newton-metro). A bateria de íon-lítio terá autonomia de até 200 quilômetros. Carregar completamente a bateria pode levar três horas, mas no modo de recarga rápida, será possível assegurar 30% da carga em 15 minutos.

O freio regenerativo atua antes do freio pneumático, para desacelerar o veículo, recuperando até 30% de energia durante a frenagem e utilizando-a para recarregar as baterias.O sistema Eco-Drive Mode reduz o consumo de baterias dependendo da condição de carga do veículo.

Segundo Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, grupo ao qual pertence a Volkswagen Caminhões e Ônibus, “o e-Delivery representa um marco na história da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Trata-se de uma plataforma totalmente nova, desenvolvida no Brasil, na busca de alternativas de mobilidade nas cidades”.

O residente mundial do braço de caminhões da Volkswagen, Andreas Renschler, acredita no crescimento, ainda que tímido desse nicho, afirmando que a participação de caminhões elétricos no mercado de entregas locais deve ultrapassar 5% até 2025.

Para Renschler, uma melhor tecnologia de bateria será a chave para reduzir os custos de operação e tornar os caminhões elétricos mais atraentes. Além dos preços elevados para os sistemas e os desafios de recarga, os dispositivos de bateria são pesados e roubam espaço, reduzindo a capacidade de carga.

Ambiente Energia



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Volkswagen produzirá caminhão elétrico em fábrica de Resende, no Rio

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×