Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Temer afirma que ‘equilíbrio fiscal é condição para crescimento com inclusão social’


Presidente Michel Temer, no encontro dos Brics na China. Foto: Wu Hong/AP

XIAMEN – Na última reunião da 9ª Cúpula do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), desta vez, com outros cinco países emergentes convidados, o presidente Michel Temer afirmou que a Responsabilidade fiscal é imprescindível para o efetivo exercício da responsabilidade social. Já sob o impacto do anúncio de Janot, Temer foi aplaudido pelos deputados que acompanham a comitiva do presidente, assim que chegou ao saguão. Segundo ele, quando assumiu o governo há um ano, a crise enfrentada pelo país era de natureza fiscal. Aos líderes dos 10 países emergentes presentes o encontro, disse que o objetivo de desenvolvimento destas nações só podem ser obtidos de maneira articulada, em conjunto.

— Não havia alternativa: era necessário remediar a expansão acelerada dos gastos públicos. E foi o que passamos a fazer por meio de ambiciosa agenda de reformas. Nosso Pressuposto Era – e segue sendo – o de que o equilíbrio fiscal é condição para o crescimento com inclusão social. Nosso pressuposto era – e segue sendo – o de que a responsabilidade fiscal é imprescindível para o efetivo exercício da responsabilidade social.

Segundo ele, o governo devolveu ao país o rumo do desenvolvimento.

— Devolvemos ao país o rumo do desenvolvimento – e o fizemos escolhendo o caminho responsável. Enfrentamos, sem rodeios, os desafios de uma economia que, com urgência, precisava voltar a crescer, voltar a gerar empregos e renda.

Ele disse que “a responsabilidade compensa” e que ”os resultados já aparecem e são significativos”.

— A inflação está novamente sob controle. A atividade produtiva reconquistou o dinamismo. Novos postos de trabalho vão sendo criados. Está preservada a capacidade do Estado de investir em educação, saúde, habitação – alguns dos pilares da Agenda 2030. Reitero: trata-se de entender que responsabilidade fiscal e responsabilidade social são dois lados de uma mesma moeda.

O presidente afirmou que o compromisso do Brasil com o multilateralismo é “inequívoco”. Ele reiterou o compromisso do país com o fortalecimento da Organização Mundial do Comércio e na implementação do Acordo de Paris sobre Mudança do Clima.

— O Brasil soma sua voz às daqueles que prestigiam o diálogo, que se apegam ao primado do Direito, que atuam sob o signo da cooperação. É nesse espírito que, juntos, construiremos, para nós e nossos filhos e netos, um mundo de mais justiça e paz.

Temer disse ainda que é ilusão acreditar que possa haver desenvolvimento para uns e não para outros.

— É um equívoco pensar que seja viável, no longo prazo, este mundo em que ilhas de prosperidade e bem-estar convivem com a exclusão da maioria. O verdadeiro desenvolvimento sustentável é necessariamente compartilhado. Esse é o objetivo último do BRICS: compartilhar desenvolvimento. E esse é também, quero crer, o propósito maior de nosso diálogo esta manhã.

Segundo ele, os objetivos de desenvolvimento dos países do BRICS só podem ser alcançados em conjunto.

— Na realidade, os objetivos que perseguimos só poderemos alcançar se agirmos de forma articulada. Essa é a mensagem de união e convergência que o Brasil traz a este foro. Uma mensagem, repito, de responsabilidade e abertura.

Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail.

TROCAR IMAGEM

Quase pronto…

Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter.

Ocorreu um erro.
Tente novamente mais tarde.
Email inválido. {{mensagemErro}}

OGlobo



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Temer afirma que ‘equilíbrio fiscal é condição para crescimento com inclusão social’

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×