Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Destinos para celebrar o amor

Destinos para celebrar o amor

destinos

No Dia Dos Namorados, a Agência de Notícias do Turismo selecionou alguns roteiros que podem inspirar e até fortalecer relacionamentos 

Por Nayara Oliveira

Ah, o dia dos namorados! Aquela data cheia de emoção na qual os casais aproveitam o dia para dividir momentos felizes juntos. Opções de lazer não faltam, mas por aqui a dica é presentear a pessoa amada com uma viagem inesquecível.  E para que o casal não erre na escolha, a Agência de Notícias do Turismo separou destinos românticos, aventureiros e históricos em várias partes do país. Escolha o destino, aproveite a viagem e viva o amor!

DESTINOS ROMÂNTICOS: Estar junto da pessoa amada desfrutando um momento fofo a dois na serra ou em uma praia paradisíaca. Com esses destinos, os casais que gostam de lugares românticos vão ficar ainda mais apaixonados!


Crédito: MTur

Gramado (RS) – A cidade é puro charme com sua arquitetura no estilo europeu, clima frio e muito chocolate. O aconchego da lareira, o sabor do vinho e o colorido das flores fazem do local o destino procurado pelos casais que querem desfrutar momentos íntimos. Além da linda paisagem, os turistas podem passear de pedalinho no Lago Negro, visitar uma mina de pedras preciosas e estar mais perto das tradições gaúchas, no Parque Gaúcho.

Monte Verde (MG) – Situada no Alto da Serra da Mantiqueira, a vila de Monte Verde oferece uma paisagem exuberante, friozinho propício para um jantar romântico e ruas tranquilas para um passeio de mãos dadas. O casal pode visitar o orquidário, a galeria de arte, e passear a cavalo. Muito romance para uma cidade só!


Crédito: Elton Andrade

Ilha de Boipeba (BA) – Para os casais que preferem fugir do frio, mas não abrem mão do romantismo, o roteiro escolhido é a Ilha de Boipeba. Com águas cristalinas em tons verde e azul, o local é um verdadeiro paraíso tropical. As piscinas naturais, a diversidade de peixes e as areias branquinhas são um convite para quem gosta de apreciar a natureza com tranquilidade.

DESTINOS AVENTUREIROS: No Brasil, não faltam opções para quem deseja viver o amor com altas doses de adrenalina. Tomar banho de cachoeira, fazer trilha e Praticar Esportes Radicais pode fazer parte da viagem do casal que gosta de desafios.


Crédito: Priscila Perrone

Ilha do Mel (PR) – Não vá pensando que o nome “adocicado” vai tirar o gosto de aventura de quem quer conhecer a Ilha do Mel. Para chegar lá, só utilizando barco ou caminhando dentro da Mata Atlântica. Prepare-se para caminhar também na Ilha que não permite o uso de veículos motorizados. A diversidade da vegetação (Mata Atlântica, manguezais, brejos e restingas) vai encantar.


Crédito: Edevilson Carneiro

Serra do Roncador (MT) – A Serra do Roncador é formada por chapadões com 800 km de extensão e mais de 100 cachoeiras, vegetação de cerrado, cavernas, grutas, lagos subterrâneos… é tanta opção natural que as expedições no Roncador são feitas de jipe, possibilitando ao casal conhecer essas belezas e praticar esportes radicais, como a tirolesa, escaladas, e rapel.


Crédito: Embratur

Monte Roraima (RO) – Localizado entre Brasil, Venezuela e Guiana, o Monte Roraima é destino para aqueles casais que gostam de aventuras radicais intensas. Com dois bilhões de anos e 2.734 metros de altitude, o Monte é uma escultura geológica repleta de formações rochosas, crateras e cristais que inspiraram lendas indígenas. O acesso é difícil e a aventura pode durar até uma semana de caminhada, o que  requer planejamento, determinação e um guia turístico.

DESTINOS HISTÓRICOS: O Dia dos Namorados é pura história e começou a ser comemorado em alusão ao bispo Valentim, que lutou contra a proibição do casamento durante as guerras. Para celebrar a data, que tal uma viagem pela história brasileira?


Crédito: Embratur

Pirenópolis (GO) – Fundada em 1727 e tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1989, Pirenópolis têm ruas de pedras talhadas e belos casarões do século XVIII. A história está nas construções da cidade. A  Igreja da Matriz, por exemplo, foi construída por escravos em 1728.


Crédito: Embratur

Laranjeiras (SE) – Laranjeiras foi um grande centro de comercialização de escravos e, ao mesmo tempo, palco da luta pela abolição da escravatura. É na cidade que está o Museu Afro-Brasileiro (o primeiro museu montado especialmente para o estudo e a história do negro na formação do povo brasileiro) e a encenação da batalha entre negros fugidos e índios contratados pelos senhores locais para capturá-los.


Crédito: Embratur

São Luís (MA) – Primeiro foram os franceses, depois os holandeses e, posteriormente, os portugueses. Se São Luís atraiu tantos países, imagina se não atrairá os corações apaixonados por história? Fundada em 1612, a cidade tem como marca os azulejos portugueses, casarões, museus e o Centro Histórico de São Luís, com nada mais nada menos que 400 anos de existência.

Últimas Notícias – Ministério do Turismo



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Destinos para celebrar o amor

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×