Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Como as animações são adaptadas para diferentes países

Como as animações são adaptadas para diferentes países

Você já parou para pensar que as grandes produções cinematográficas e as animações mais conhecidas devem ser adaptadas para os diversos países onde são exibidas? Em certos lugares, algumas piadas simplesmente não fazem sentido e determinadas referências usadas para o público de uma região devem ser mudadas quando o filme é exibido em outro local.

O Incrível.club fez uma pequena pesquisa e preparou para você uma lista com uma série de modificações feitas em desenhos animados famosos.

Uma preocupação bacana dos estúdios, que buscam se adaptar a seu público. Quer ver?

Divertida Mente

Inside Out

A cena na qual Riley se nega a comer brócolis não faria nenhum sentido para o público japonês, pois as crianças do país adoram este legume. Especialmente para o Japão, a produção trocou brócolis por pimentão verde.

Em outra cena, na qual tudo acontece na cabeça do pai de Riley, a versão norte-americana (e canadense), os personagens-emoções estão assistindo a uma partida de hóquei. Na versão internacional, o esporte foi trocado por futebol.

Houve ainda uma modificação na parte da interação dos personagens com o mundo. Na versão original, Bing Bong soletra a palavra “Danger“ (”Perigo”), movendo sua tromba da esquerda para direita à medida em que vai lendo. No entanto, para os países que escrevem e leem da direita para a esquerda, o movimento foi substituído.

Universidade Monstros

Monsters University

Na versão norte-americana do filme, Randall prepara bolinhos e os decora com a frase “Be my pal“, que quer dizer ”Seja meu amigo”.

Na parte que mostra uma perseguição, Mike empurra Randall, e os bolinhos no seu rosto formam a palavra “Lame“ (”Fracassado”). Para não comprometer o sentido da cena, os criadores resolveram substituir a frase nas versões internacionais por carinhas sorridentes com óculos.

O mesmo aconteceu com a frase “Scare Games“, ou ”Os Jogos do Medo”. Na versão norte-americana, vemos a frase, enquanto para os outros países são mostrados apenas desenhos. Para as crianças (principal público da animação), muito mais fácil de entender.

Up — Altas Aventuras

Up

Em “Up — Altas Aventuras“, também foi usado o truque de trocar uma frase por uma imagem. A versão norte-americana de ”Paradise Falls” (“Paraíso das Cachoeiras”) foi trocada para o público internacional por uma imagem do local.

Toy Story

Toy Story

Na segunda parte da saga, Buzz Lightyear faz um discurso para os outros brinquedos de Andy, para motivá-los a realizar uma busca por Woody. No original, atrás do personagem podemos ver a bandeira dos Estados Unidos, enquanto toca o hino do país. Para a versão internacional, a bandeira foi trocada por um mapa-múndi. Já o hino foi substituído pela canção “One World Anthem“ (”Hino de um Único Mundo”).

Aviões

Planes

Heroína original da animação “Aviões”, a canadense Rochelle tem 11 versões diferentes, dependendo do país. No Brasil, ela é Carolina; na Rússia, Tânia; na Alemanha, Heidi. Cada uma delas tem as cores alusivas à respectiva bandeira nacional.

Detona Ralph

Wreck-It Ralph

A piloto Minty Zaki foi batizada pelo animador Hayao Miyazaki. Mas para o público japonês, seu nome foi trocado por Minty Sakura. O seu visual também foi modificado.

Zootopia

Zootopia

O personagem apresentador de notícias teve várias versões, de acordo com o país. Estados Unidos, França e Canadá ganharam um alce; o Japão, um cão-guaxinim; Austrália e Nova Zelândia, um coala; China, um panda; Grã-Bretanha, um cão da raça Corgi; enquanto no Brasil, ele é uma onça-pintada.

Incrivel RSS



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Como as animações são adaptadas para diferentes países

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×