Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Vacina contra o câncer [CT Inovação]

163161.295517

CT Inova

Uma “vacina universal” para o Tratamento do câncer pode estar um pouco mais próxima da realidade, revelam uma série de testes bem-sucedidos em três pacientes humanos realizados pela Universidade Johannes Gutenberg de Mainz, na Alemanha, e publicados no diário científico Nature.

O novo método de tratamento busca utilizar o próprio sistema imunológico do corpo humano como arma contra tumores malignos. O processo foi apelidado de “imunoterapia” e consiste na aplicação de uma espécie de vacina carregada com o material genético (RNA) das células cancerígenas do paciente em seu próprio sistema imunológico – o que ajuda o corpo a diferenciar células sadias das células do tumor, facilitando o combate do próprio corpo à doença.

Fazer com que o corpo identifique quais são as células que o estão prejudicando é hoje um dos principais desafios no tratamento do câncer, já que em muitas situações, o organismo não é capaz de diferenciá-las por serem similares à células normais. Aplicando o RNA das células do câncer no paciente, no entanto, o material passa a ser reconhecido com um antígeno, estimulando a produção de anticorpos contra aquele material.

O método é considerado universal, uma vez que qualquer paciente poderia ter o RNA extraído de suas próprias células cancerígenas e utilizado para o tratamento, independentemente do tipo de câncer que o aflige.

Nos testes realizados na universidade, três pacientes diagnosticados com melanoma e tratados com a imunoterapia só apresentaram sintomas leves de “gripe” como efeitos colaterais, mas nada que se comparasse à complicações de tratamentos como a quimioterapia. Além disso, em um dos pacientes, já houve uma redução observada de um dos tumores após o tratamento.

Apesar dos testes preliminares terem sido considerados bem-sucedidos, ainda há um longo caminho a ser percorrido antes que o novo tratamento possa ser aplicado oficialmente. Além do método ainda precisar de novos testes em larga escala, tipicamente órgãos reguladores do setor de saúde, como o Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, podem levar até oito anos para aprovar um novo tipo de medicação ou tratamento.

Canaltech



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Vacina contra o câncer [CT Inovação]

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×