Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Enviado da ONU pede cooperação de Rússia e EUA para ‘tirar Síria da beira do precipício’

Siria_Alepo-1
Criança na frente de escola destruída após bombardeio na vila de Ainjara em Alepo, na Síria: Foto: UNICEF/Khalil Alshawi

Criança na frente de escola destruída após bombardeio na vila de Ainjara em Alepo, na Síria: Foto: UNICEF/Khalil Alshawi

Em meio a ataques militares sem precedentes no leste de Alepo, o Enviado especial da ONU para a Síria apelou no domingo (25) ao Conselho de Segurança — particularmente aos membros permanentes Rússia e Estados Unidos — para que o cessar de hostilidades seja retomado, colocando fim ao derramamento de sangue que atinge a cidade, onde cerca de 2 milhões de pessoas permanecem isoladas.

“São dias assustadores para a Síria e particularmente para a população de Alepo, já que a semana passada foi uma das piores em seis anos de conflito”, disse Staffan de Mistura durante reunião de emergência do Conselho de Segurança convocada por França, Reino Unido e EUA, ecoando um comunicado emitido no domingo pelo secretário-geral da ONU dizendo-se “chocado” com a escalada da violência desde o anúncio dois dias atrás de uma ofensiva do governo sírio para capturar o leste de Alepo.

Com base em informações segundo as quais Alepo está sendo reduzida a poeira em vista da nova escalada de bombardeios, o enviado da ONU disse que “este Conselho tem a responsabilidade de relançar o cessar de hostilidades” e reiterou seu apelo por um curso de ação comum, liderado por Rússia e Nações Unidas, em três áreas: garantindo o cessar-fogo; estabelecendo pausas semanais de 48 horas nos confrontos para permitir a chegada de ajuda e reparos ao fornecimento de luz e energia em Alepo; e permitir evacuações médicas para casos urgentes, inclusive nos arredores da cidade.

A situação humanitária em Alepo tem se deteriorado ainda mais desde que o governo sírio decidiu quebrar o cessar-fogo e iniciar ataques aéreos. O enviado da ONU detalhou uma grave situação em terra, afirmando que informações recebidas do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) indicaram que dezenas de ataques aéreos na sexta-feira e no sábado atingiram prédios residenciais no leste de Alepo, deixando civis mortos e feridos, incluindo muitas crianças.


ONU Brasil



This post first appeared on Blog Amazônia, please read the originial post: here

Share the post

Enviado da ONU pede cooperação de Rússia e EUA para ‘tirar Síria da beira do precipício’

×

Subscribe to Blog Amazônia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×