Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A verdade sobre a escravidão no Brasil

A verdade sobre a escravidão no Brasil desde o começo.
A escravidão é uma das manchas mais cruéis da humanidade, e desde que o mundo é mundo existe escravidão, porém o primeiro povo a ter Escravos e de que se tem registros é os Sumérios, um povo que viveu onde hoje é o Iraque á pouco mais de 2.500 anos atrás. A partir daí com o passar dos séculos outros povos foram tendo escravos também além também de vários povos que foram escravizados. Já na Roma antiga, e posteriormente na República Romana e Império Romano já tinham escravos e eles eram de todas as cores e raças, como brancos (Europeus) e pardos (Árabes). Mas o fato aqui é sobre a escravidão no Brasil, como começou, como era e a verdade sobre isso.

Pois então, lenbro-me que a primeira vez que houvi dizer sobre a escravidão no Brasil eu tinha 10 anos de idade, e foi na escola. Eu lembro que a professora disse que quando os europeus chegaram ao Brasil eles escravizaram primeiro os índios, mas os índios eram fracos (Sim ela disso isso mesmo), e foi então que os europeus foram na África e sequestram a força os africanos e trouxeram para o Brasil porque os africanos eram fortes (Sim a minha professora disse isso também). E foi assim que fiquei sabendo de como começou e como era a escravidão no Brasil.

Porém os anos se passaram e como eu gosto muito de história resolvi ler mais a fundo a história do Brasil, e descobri que tudo o que aprendemos sobre a história da escravidão no Brasil na escola é uma mentira, uma farsa que é feita propositalmente pelos políticos, assim também como a história do Brasil de um modo geral é contada errada nas escolas por uma estratégia dos políticos para que o povo brasileiro acha que a história do Brasil é péssima e com isso faça com que o brasileiro deixa de ter orgulho de ser brasileiro, pois afinal de contas o ser humano tem o costume de falar do passado, e quem é que teria orgulho de falar de um passado cruél? Então é por isso que a escola ensina errada a história do Brasil nas escolas, para tirar o patriotismo dos brasileiros.

Agora a verdade sobre a escravidão no Brasil é que primeiro tudo começou na África, pois lá na África, os africanos já tinham o costume de escravizar eles mesmos, pois lá era comum ter muitas guerras entre as tribos, e a tribo vencedora escravizava a tribo perdedora. Além disso quem começou o tráfico de escravos lá na África foram os árabes que escravizavam tanto os africanos negros, como também os europeus brancos, e inclusive entre 1517 a 1830 foi bastante comum os árabes invadirem o litoral europeu em busca de  europeus para servirem de escravos no norte da África, além também para usarem como resgate.
Com a descoberta da América os europeus não entraram em guerra com os índios. A verdade é que no Brasil existiam diversas tribos indígenas e muitas delas acabaram por entrar em contato com os europeus e se tornaram aliados dos europeus tanto que houve casamentos consentidos entre europeus e índias. Assim como disse que existiam VÁRIAS tribos indígenas no Brasil, é claro que houve algumas que entraram em conflito com os europeus como o Goitacás por exemplo. Mas escola ensina errado e disse os europeus entraram em confronto com todos índios, o que é uma mentira, pois existiam várias tribos indígenas dos quais muitas delas foram aliadas dos europeus, e até mesmo o índio Araribóia que foi aliado dos europeus fundou a cidade de Niterói.
Um comerciante árabe posa com seu escravo.
Um escravo branco e seu dono árabe. Os árabes foram os
primeiros a começar o tráfico de escravos.

Porém como os europeus não tinham conhecimento nenhum do território recém descoberto do Brasil, optaram se por trazer escravos, e devido a questões logísticas o continente mais próximo era a África, e foi então que os europeus em contato com os reis africanos começaram a COMPRAR escravos dos reis africanos, pois era muito difícil os europeus adentrarem o continente africano em busca de escravos pois assim como a América, naquela época a África era totalmente desconhecida pelos europeus, tanto que a colonização do interior da África só começou mesmo em 1885, ou seja, quase 400 anos depois da descoberta da América. Então os europeus junto com os africanos (Lembrando que os dois foram errados nesta história, não só os europeus como a escola ensina) uniram o "útil ao agradável" ou seja, os europeus não precisariam adentrar um território totalmente desconhecido para "capturar" escravos, e os africanos ganhariam dinheiro simplesmente vendendo seus irmãos para os europeus. 
E lembrando que a escravidão não foi motivado pela cor da pele, e sim por uma questão de logística, pois a África era o único local que ficava mais próximo da América, além também é claro dos próprios africanos que contribuíram vendendo outros africanos para os europeus. A questão racial só surgiu no fim do século XIX através de intelectuais racistas europeus como o conde Artur de Gobineau, Neville Chamberlain entre outros que acreditavam que os europeus eram superiores a outros povos, principalmente os europeus de origem germânica como os Alemães, ingleses, suecos, noruegueses e etc., fato este que foi uma das bases para o Nazismo nos anos 30.

Outro fato importante que não é ensinado na escola é que o rei Gezo, rei do Reino de Daomé (Atual República de Benim) entre os anos de 1818 a 1858 ficou conhecido por ser contra o tráfico de escravos em 1850, pois segundo ele o tráfico de escravos era a principal fonte de renda para seu povo.
Outro fato também não ensinado na escola é que no Brasil ex escravos também tinham escravos, pois infelizmente naquela época isso era tido como "normal" por algumas pessoas terem escravos. Chica da Silva que viveu entre os anos de 1732 a 1796 que foi uma ex escrava também teve inúmeros escravos.

Enquanto isso do outro lado mundo diversos países tinham escravos. Portugal libertou seus escravos em 1854, Estados Unidos em 1863, e por falar nos Estados Unidos o país que é símbolo da liberdade demorou bem mais para acabar com a escravidão do que o Brasil se levar em conta desde a sua independência. Pois os Estados Unidos a "Terra da Liberdade" se tornou independente em 1776 e só foi libertar seus escravos em 1863, ou seja, 87 anos depois. O Brasil libertou seus escravos em 1888, 66 anos após sua independência. A Rússia também tinha uma espécie de escravidão também que era conhecido como "Servidão". Além disso os escravos da Rússia eram em sua imensa maioria todos brancos, e levando se em conta que a Rússia como conhecemos foi fundada em 1721 como o Império Russo, o país também demorou muito para libertar seus escravos, só fazendo isso 140 anos depois de sua fundação, em 1861, quando o imperador Alexandre II libertou 22 milhões de servos.

Enfim a história contada sem viés ideológico é libertadora e faz com que a gente reflita mais além também de em alguns aspectos a gente não ter sentimento de culpa e em outros aspectos terem orgulho de nosso país em aspectos positivos como fato de que o Império do Brasil teve uma grande estabilidade, mesmo com alguns problemas.


This post first appeared on Comunique-ce, please read the originial post: here

Share the post

A verdade sobre a escravidão no Brasil

×

Subscribe to Comunique-ce

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×