Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Mercado de genética cresce no Pará com adoção de novas tecnologias

O estado fechou 2017 com aumento de 4% no número de vacas inseminadas e as vendas de doses de sêmen também cresceram. Na central de inseminação Semex Brasil, o total de doses vendidas teve elevação de 10% e nos primeiros meses de 2018 já ultrapassaram 15%. “O Pará é uma região de grande potencial para a pecuária de corte. Os pecuaristas vêm aderindo cada vez mais ao cruzamento industrial entre raças taurinas e zebuínas e adotando tecnologias para tornar o sistema de produção mais eficiente e rentável. Em 2018, a expectativa é de um salto ainda maior no volume de doses de sêmen comercializadas na região”, assegura Fabrício Molina Pereira, médico veterinário e representante da Semex Brasil no Pará, uma das maiores empresas de genética bovina do mundo.

Como a inseminação artificial é considerada a porta de entrada para outras tecnologias na área de reprodução animal, Fabrício acredita que esse aumento no número de vacas inseminadas sinaliza que a pecuária do Pará vem se modernizando. “O perfil do produtor vem mudando nos últimos anos. Há um grande interesse por ferramentas tecnológicas que possam reduzir o ciclo de produção e ao mesmo tempo elevar a qualidade dos animais, pois isso é que vai garantir maior rentabilidade ao negócio”, explica Pereira. Segundo ele, a equipe da Semex Brasil foi ampliada no final de 2017 no Pará com o objetivo de atender a forte demanda por soluções tecnológicas e por sêmen na região.

Entre os municípios que passam a contar com a assistência técnica direta da empresa está São Félix do Xingu, detentor do maior rebanho bovino do Brasil. Os pecuaristas de todo o estado contam com a assistência de 15 técnicos da Semex. Nos dias 2 e 3 de abril, em Marabá, toda a equipe participou de uma convenção interna sobre as novidades do setor de genética para a pecuária de corte. Um dos lançamentos do ano é o Programa Semex Progressive Corte, que permite ganhos de produtividade do rebanho por meio de um planejamento genético elaborado com o auxílio dos técnicos da empresa. Durante o evento, também foram apresentados os novos touros das raças zebuínas que passaram a fazer parte do Catálogo de Corte da Semex Brasil e os resultados das provas da raça Angus. “Foi um momento para planejarmos as estratégias de atuação em 2018 na região do Pará. A expectativa é de ampliar as vendas de sêmen na região este ano”, finaliza.

Informações para a Imprensa | Grupo Publique

(11) 99382.1999 – [email protected] – com Priscila Pontes (11) 97083.7862 – [email protected] – com Riba Velasco (11) 97081-0561 – [email protected] – com Larissa Vieira (11) 99595-3213 – [email protected] – com Mylene Abud

Tags:
, Uncategorized



This post first appeared on ICrowdNewswire -, please read the originial post: here

Share the post

Mercado de genética cresce no Pará com adoção de novas tecnologias

×

Subscribe to Icrowdnewswire -

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×