Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Como atravessar o semáforo com segurança



Quero pedir licença para falar de um problema comum e muito específico nos dias de hoje: o ato de atravessar um cruzamento com semáforo após sentir-se pesado devido a um almoço farto e parar o carro longe, estando atrasado para voltar ao trabalho. Já aconteceu comigo.

O problema começa ao parar o carro Longe Estando Atrasado, pois a distância é diretamente proporcional à velocidade média dos passos que você deverá dar. Mas não se engane, pois não é simples assim. Existem variáveis nessa fórmula. É necessário considerar imprevistos como obstáculos na calçada, idosos no caminho e caçambas na rua. São influenciadores diretos na relação tempo x distância x velocidade média absoluta.

Outro fator importante é que a sua velocidade média não deve ultrapassar os limites impostos pelo seu corpo após um almoço farto, pois pode causar taquicardia e suadouro. Logo, é preciso monitorar o ritmo dos passos o tempo todo.

Aí vem o problema principal. Ao avistar o cruzamento com semáforo, é preciso realizar milhões de cálculos cruzados e instantâneos. Coisa complicada após um almoço farto. Por exemplo: você está há 15 metros e avista o sinal verde para o veículo que vai cruzar o seu caminho - logo, te obrigando a aguardar - e vermelho para o veículo que anda na sua paralela, e que não cruzará com você. Você aperta o passo para aproveitar o verde, arriscando sua velocidade média e causando provável taquicardia, ou aguarda, arriscando, aí, o seu horário?

Outras questões:
- Se for aproveitar, a que velocidade máxima você deve ir para evitar a taquicardia total ou atraso geral?
- Caso o cálculo esteja errado e cause a necessidade de dar um pique para não ser atropelado, você o faz ou faz uma parada brusca, causando o suadouro e o atraso?
- E se o sinal estiver amarelo, você diminui o passo esperando ficar vermelho ou acelera, mesmo considerando que motoristas também decidam acelerar, aumentando as chances de uma colisão com seu corpo cansado de um almoço farto?

Não é fácil. Reflitam.


This post first appeared on Entre O Bem E O Mauro, please read the originial post: here

Share the post

Como atravessar o semáforo com segurança

×

Subscribe to Entre O Bem E O Mauro

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×